COPYRIGHT FUNDAÇÃO ASSIS GURGACZ 2012 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | RESOLUÇÃO M͍NIMA 1024x768 px

Futuro: Jovens Aprendizes visitam Centro Universitário Fundação Assis Gurgacz
Os adolescentes e jovens do Programa de Aprendizagem Profissional Jovem Aprendiz, da Fundação Assis Gurgacz, tiveram uma programação diferente: um Tour guiado pelo campus. Durante o passeio, os alunos conheceram parte da ampla estrutura, com visitas aos laboratórios e demais espaços projetados para estudos.

Olhares atentos, perguntas cheias de curiosidades e o pensamento que logo, logo passa estar no curso em que sonha no Ensino Superior. A Coordenadora do Setor Social, Profª Salete Chrun, destaca a importância de conhecer a diversidade de curso que a Instituição oferece com objetivo de que os alunos possam obter o máximo de informações para auxiliar na escolha da futura profissão, podendo perceber suas habilidades com uma conexão daquilo que podem fazer no mundo de trabalho.

" Alguns já tem uma escolha pensada, mas, no entanto, puderam mudar de ideia depois de conhecer melhor cada curso. Esse é o nosso grande objetivo, ajudar a formar grandes profissionais com a finalidade de ajudá-los na escolha da carreira", destaca a Prof.ª Dulci Latance.




Formanda de fotografia realiza ensaio fotográfico com a terceira idade
Suelen Montanari conseguiu captar diversos sentimentos a partir do ensaio fotográfico que realizou com um grupo de idosos do Centro de Convivência Nair Ventorin Gurgacz. As 10 fotografias não passam despercebidas, uma vez que, através dos cliques, foi possível retratar várias histórias. A formanda do curso de Fotografia do Centro Universitário FAG escolheu a autoestima da terceira idade como tema de um ensaio fotográfico, que também se tornou seu TCC (Trabalho de Conclusão de Curso).

Suelen trabalha no Centro de Convivência e decidiu realizar o trabalho no espaço que atende idosos desde 2005. O primeiro passo foi a realização de uma oficina de fotografia básica com celular em companhia de 40 idosos com ênfase na selfie. "A particularidade de uma selfie é que ela é tirada com o objetivo do fotógrafo se mostrar no ambiente retratado, com a disseminação das redes sociais, esta prática tornou-se corriqueira, porém, os idosos não acompanharam este processo de evolução como deveriam devido à falta de acesso e entendimento das novas tecnologias", revela a pesquisadora.

Dentre os 40 idosos foram selecionados 10 para posterior elaboração de um ensaio fotográfico com o intuito de afirmar a autoestima. "O ensaio fotográfico teve também o poder de relembrar sentimentos e memórias afetivas contidos em seus detalhes, que trazem o olhar para uma perspectiva mais positiva, mostrando os idosos como exemplos de força e persistência", acrescenta Suelen.

O ensaio conta com um pequeno relato sobre as histórias dos idosos escolhidos para o trabalho. Um exemplo é a de Dona Iracema: "Doce Iracema, 72 anos, reflexiva e intimista, olhar longe e expressão sonhadora, carrega cicatrizes de um passado cheio de arrependimentos, mas, ao decorrer do tempo conseguiu ser feliz. Seu maior sonho desde jovem é ter um Fusca".

O trabalho foi orientado pelo professor e Coordenador do curso de Fotografia, Ralph Willians. Além de ter sido aprovada no TCC com o trabalho, na Semana COMFAG, também venceu em duas categorias da mostra competitiva: Portfólio e Fotografia Livre (com o retrato "Olhar de Jesus", que integra o ensaio fotográfico). "A realização deste trabalho contribuiu de forma valiosa na percepção da autoestima do idoso, pois eles tiveram um momento único, possibilitando que vivenciassem algo diferente, se sentissem bem e confiantes, visto que muitos não tiveram esse acesso no decorrer de sua vida. O projeto nasceu a partir do desejo de conhecer mais e oportunizar à terceira idade o contato com o estúdio fotográfico através da oficina de fotografia básica com uso do celular para os idosos se sentissem atualizados. Foi gratificante ter vivido essa experiência de fotografar uma geração que permitiu que as emoções fluíssem para eternizar sua beleza e por proporcionar um momento único", finaliza Suelen.




Fundação Assis Gurgacz premia jovens no 5º Aprendiz de Ouro
A Fundação Assis Gurgacz realizou, no último sábado (07) a 5ª edição do Aprendiz de Ouro do Programa Profissional Jovem Aprendiz. A cerimônia, realizada no Anfiteatro da Reitoria, contou com a entrega da Estatueta de Ouro para os 10 aprendizes que se destacaram em 2019, além da entrega de troféus para a empresa que mais contratou e a que mais efetivou em 2019. O evento foi palco também do Seminário Integrador - Formação Profissional com palestra sobre Mercado de Trabalho, com o Vice-reitor do Centro Universitário FAG, Sérgio De Angelis, e ainda com a certificação do Programa Jovem Empreendedor na Comunidade.

O Programa Jovem Empreendedor na Comunidade foi desenvolvido durante todo o ano de 2019, tendo como área de atuação o Bairro Santa Cruz e seu entorno. Adolescentes com idade entre 14 e 17 anos, de ambos os sexos, em vulnerabilidade social, participaram das atividades realizadas a partir de uma parceria com a Paróquia Santa Cruz.

A empresa que mais contratou jovens aprendizes em 2019 foi a HUBER ALIMENTOS; enquanto a que mais efetivou foi a Eucatur. A jovem destaque, tanto nas atividades de formação do Jovem Aprendiz quanto na empresa em que trabalha, a Eucatur, foi Fernanda Ilheu. "Recebo muita ajuda, muitos ensinamentos na empresa. O curso também é muito bom. Acho que o interesse a dedicação fizeram a diferença", conta Fernanda. "Para nós é um grande orgulho, pois víamos o esforço dela no dia a dia e fizemos de tudo para apoiá-la", comenta a mãe de Fernanda, Edneia Ilheu. "Tentamos em sala fazer o melhor que podemos para auxiliar estes jovens, para que eles percebam que são capazes de conseguirem além do que esperam. O aprendiz de ouro é a coroação do nosso trabalho juntamente com o trabalho da empresa e da família onde os aprendizes são reconhecidos por esforço e dedicação onde a responsabilidade fica ainda mais evidente", destaca a professora dos aprendizes, Dulci Latance.

" Este ano nós tivemos grandes mudanças nas atitudes dos aprendizes em relação ao conhecimento deles, principalmente a evolução, onde estão acompanhando e surpreendendo nas atividades realizadas. Finalizamos com o este evento a entrega da estatueta de ouro para os 10 aprendizes destaques do ano como um reconhecimento, embora, que tenhamos um grupo muito bom de aprendiz, mas é preciso escolher.Também finalizamos com entrega de certificados do Projeto Jovem Empreendedor na Comunidade, que daqui para frente estarão no banco prioritário na nossa instituição, já foram inseridos alguns no mercado de trabalho que foi muito válido em parceria com a Paróquia Santa Cruz e com o Centro Universitário - FAG", explica a coordenadora do Setor Social, Profª Salete Chrun.

Entre as autoridades presentes na premiação, esteve o Secretário Municipal de Assistência Social Hudson Marcio Moreski Junior. "Parabéns aos aprendizes que continuem sempre sendo incentivadores e buscando sempre algo melhor na sua vida. Parabéns às empresas que estão dando esta oportunidade para esses adolescentes e jovens para estarem no caminho correto", finaliza.

Confira os premiados com as estatuetas:

1° lugar : Fernanda Ilheu - Eucatur

2° lugar: Matheus Eduardo Martins do Prado - Fipal Distribuidora de Veículos

3° lugar: Gabriel Vitor do Amarante - Pioneira

4° lugar: Leticia Ferreira da Silva - APAE

5° lugar: Luiz Fernando Rodrigues da Silva - SetaDigital

6° lugar: Jeferson Eduardo Guido - SetaDigital

7° lugar: Steffany Nogueira de Jesus - Asgel/ Rh FAG

8° lugar: Eduardo Gabriel dos Reis - Pioneira

9° lugar: Juliano de Oliveira dos Santos - Governança Brasil

10° lugar: Lucas Eduardo Rodrigues Bezerra - Lar Cooperativa Agroindustrial




NATAL MUSICAL NOS HOSPITAIS
O silêncio nos hospitais foi interrompido por vozes que cantaram, encantaram e levaram mensagens de amor aos pacientes das unidades. O Coral HarmoniFAG levou alegria aos pacientes do Hospital Universitário do Oeste do Paraná, Hospital São Lucas e Uopeccan.

Para a Coordenadora do Setor Social, Prof.ª Salete Chrun, a música é importante como forma de humanização e cuidado no ambiente hospitalar, promovendo grandes benefícios tanto para os pacientes quanto para a equipe de profissionais que os tratam. " Por meio de sons musicais ativam as atividades do cérebro, liberando neurotransmissores relacionado a sensação de prazer. Isso faz com que se diminua a dor, a tensão e acelere a recuperação dos pacientes e minimiza os efeitos do isolamento social constituindo um excelente recurso para a recuperação da saúde e a esperança dos pacientes", explica.

Através das canções natalinas, transmitiram alegria aos pacientes e funcionários levando uma mensagem natalina de paz e amor. Os integrantes do Coral HarmoniFAG e a coordenação do Setor Social, da Fundação Assis Gurgacz desejam que este Natal seja mais do que uma festa, seja a celebração de um renascer de paz e amor.




Coral HarmoniFAG encanta em apresentação para as pastorais
O Coral HarmoniFAG do Centro de Convivência Nair Ventorin Gurgacz, da Fundação Assis Gurgacz, se apresentou nesta manhã de domingo (01), no salão Paroquial da Neva, acompanhado pelo professor de música Luís Manoel Lopes de Oliveira. Os idosos proporcionaram a comunidade um momento único, por meio de uma belíssima apresentação musical, onde o grupo levou alegria e mostrou seu talento através de canções natalinas.

A música tem um papel importantíssimo na Terceira Idade, tanto na reconstrução de lembranças do passado, assim como também no aspecto de manter a mente e o corpo ocupados, sendo algo extremamente importante para uma melhor qualidade de vida. "As apresentações têm como finalidade promover a integração, valorização e a participação dos idosos em atividades culturais, por meio de eventos estimulando o conhecimento da diversidade cultural e o fortalecimento da identidade dos mesmos", relata a Coordenadora do Setor Social, Prof.ª Salete Chrun.





Bingo Solidário arrecada doações para o Natal da Pastoral da Criança

Idosos do Centro de Convivência da Fundação Assis Gurgacz tiveram uma tarde diferente na última quinta-feira (28), com muita diversão, alegria e, além disso tudo, promovendo a solidariedade. O Bingo Solidário, realizado anualmente, pela Fundação, teve como objetivo arrecadar brinquedos e donativos, que serão entregues a crianças atendidas pela Pastoral da Criança.

Conforme a coordenadora do Centro de Convivência, Salete Chrun, cada idoso ficou encarregado de levar brindes, que serão convertidos em doações a crianças carentes. Além de promover a solidariedade, o evento serviu para que os idosos pudessem socializar e ter uma tarde agradável. A coordenadora complementa que "a solidariedade é extremante importante na vida do ser humano e traz grandes benefícios para alma. Esta atitude é uma ação que deve ser frequente entre os idosos, pois é uma forma de continuar contribuindo com a sociedade".




Idosos participam de Oficina de bonecas Abayomi
O Centro de Convivência Nair Ventorin Gurgacz, recebeu na manhã desta segunda-feira (3), os idosos do CRAS Cancelli para conhecer alguns locais do Centro Universitário - FAG e para a confecção das bonecas Abayomi. Remendando, dobrando, cortando e fazendo nós em retalhos, os idosos eram desafiados a criar a própria boneca.

A oficina abordou aspectos sobre o respeito pela diversidade e valorização cultural das diferentes etnias. Para a Assistente Social do CRAS Cancelli, Sonia dos Santos, o encontro teve a finalidade de trabalhar a questão da consciência negra. " É um momento muito importante para os idosos adquirir o conhecimento da história das bonecas Abayomi, onde as escravas confeccionavam com pedaços de tecidos do seu próprio vestido e faziam as bonecas tanto para as crianças brincarem quanto como amuleto de proteção e amor", explica.

As Abayomi não possuem demarcação de olho, nariz nem boca, isso para favorecer o reconhecimento das múltiplas etnias. "Enquanto os idosos aprendiam a confeccionar as bonecas puderam refletir sobre gênero, racismo e preconceito. A experiência trouxe a eles leveza e alegria", relata a Coordenadora Social, Profª Salete Chrun.




Idosos voltam à infância com Oficina de Panetone
Os idosos que frequentam o Centro de Convivência Nair Ventorin Gurgacz, da Fundação Assis Gurgacz, participaram da Oficina de Panetone, ministrada pelo Curso de Nutrição pelas acadêmicas do 8° período, Daiana Terra, Eduarda Lehr, Fernanda Loquete, sob orientação da professora Adriana Martins.

O objetivo do projeto foi proporcionar aos idosos um momento de descontração que remetesse as boas lembranças do Natal, aliado a um momento de aprendizado. " O projeto foi idealizado com a finalidade de que os idosos trouxessem receitas Natalinas para confecção de um livro de receitas, escolhidas com carinho pelos mesmos", destaca acadêmica, Fernanda Loquete.

Os participantes desenvolveram as receitas com orientação das acadêmicas. E, no final, a degustação das produções feitos na oficina. " Eu gostei muito da oficina. Eu acho muito importante oficina como essa aqui e principalmente nas datas comemorativas", comenta a participante, Fátima Medeiros.

" No ano de 2019 tivemos grandes avanços, bem como, desde o início a contribuição da Prof.ª Nutricionista Adriana Martins, pelo acompanhamento e orientações saudáveis para os idosos e adolescentes para que os mesmos no caso dos adolescentes aprendam se alimentar desde agora e que os idosos tenham uma educação alimentar com qualidade e que possam envelhecer saudavelmente", relata a Coordenadora do Setor Social, Profª Salete Chrun.




Ouvir melhor é viver melhor !
Como acontece a perda auditiva em idosos? Foi com este tema que os idosos atendidos pelo Centro de Convivência Nair Ventorin Gurgacz participaram de uma palestra ministrada pela Fonoaudióloga Heloiza Lima da Rocha Scopel. O objetivo, foi informar sobre a prevenção da saúde do idosos para que esse possa continuar desenvolvendo suas atividades cotidianas de maneira saudável e interagindo ativamente no meio social.

" Foi uma grande satisfação conversar com os idosos sobre saúde auditiva. É importante orientá-los sobre os cuidados necessários com a audição e alertá-los quanto aos sintomas, formas de prevenção e tratamento das perdas auditivas e zumbido. E o resultado dessa ação foi imediato. Muitos idosos despertaram sua atenção para esse sentido tão relevante do corpo humano, garantindo sua avaliação e acompanhamento auditivo", explica.

Para a participante Sra. Fátima Medeiros de 66 anos, a palestra foi de suma importância, para esclarecer dúvidas sobre audição. "É bom ter mais informações sobre o assunto, onde podemos esclarecer nossas dúvidas e para ter uma vida mais saudável"

" A atividade desenvolvida é de extrema importância no processo de envelhecimento saudável, não só no desenvolvimento físico do idoso, mas principalmente ao meio social, estimulando a comunicação e os aspectos cognitivos", relata a Coordenadora do Setor Social, Profª Salete Chrun.




Jovem Aprendiz:Aceitação, Empatia e Desenvolvimento
As acadêmicas do Curso de Psicologia do Centro Universitário Fundação Assis Gurgacz, Letícia Nunes e Mariza Bonifácio, realizaram uma oficina sobre " Conceito de Empatia e Auto aceitação", aplicada aos jovens que participaram do Programa de Aprendizagem Profissional Jovem Aprendiz, da Fundação Assis Gurgacz. O objetivo é auxiliar na compreensão e rompimento das barreiras, a mudança e a reflexão de modo geral.

" Esta fase delicada da vida merece uma atenção dobrada,pois,subjetividade ainda está em evidência, deixando nossos jovens vulneráveis muitas vezes a decisões nada coesas, correspondentes a sua idade. E por mais que as famílias que são a base importantíssima nesta fase, estejam fragilizadas, eles sentem falta na hora do aperto, e em muitas das cartinhas terapêuticas que os jovens escrevem, não pedem nada mais do que um abraço, um olhar, carinho e atenção. Não é celular! Não é roupa! Ou calçado de marca... é amor!", explica Letícia Nunes.

Para a acadêmica Mariza Bonifácio, envolver os jovens no tema proposto, propor feedbacks e contribuir para troca e equilíbrio do grupo, fez com que desenvolvessem a capacidade de compreensão. " Podemos afirmar que o trabalho para os jovens vai muito além de suas capacidades, são muitos significados inseridos em pouco tempo de formação e amadurecimento, enquanto sujeitos autores de suas próprias histórias que buscam carreira, estudo e família. É fundamental foco, só não podemos deixar de observar que ainda são jovens em desenvolvimento social, emocional e cognitivo", relata.

Os jovens tiveram duas horas para discussão, confecção de mural e apresentação de trabalho para as demais equipes. A finalidade dessa técnica de quebra-gelo é fazer com que os participantes discutam sobre assuntos gerais. Além disso, permite analisar as habilidades de relacionamento em equipe, a criatividade e experiência com prazos.




Jovem Aprendiz: Portfólio Profissional, Métodos e Práticas Ativas
O grupo de acadêmicos do 6º período de Psicologia do Centro Universitário FAG, liderado pelas alunas, Leticia Goulart e Mariza Bonifácio, realizou no último sábado (30) o Seminário de Formação Pessoal e Profissional com o Jovens Aprendizes da Fundação Assis Gurgacz. O evento visou desenvolver uma ação com a comunidade, propiciando um momento de interação, abordando a importância do Portfólio Profissional Métodos e Práticas Ativas.

Após uma palestra, os jovens aprendizes foram divididos em grupos e participaram de oficinas, que tiveram entre os temas: teoria do Flow (sobre felicidade), liderança e merchandising. "Queremos desenvolver com nossos acadêmicos o que chamamos de 'Chá': Conhecimento, habilidade e atitude. A dupla que liderou o trabalho já realiza atividades semanalmente com os jovens aprendizes. Com a necessidade de uma ação junto à comunidade, pensamos neste evento, onde quisemos demonstrar para os aprendizes que a diferença está na ação e no trabalho em equipe. Nas oficinas o objetivo maior foi de avaliar e desenvolver a capacidade de compreensão das técnicas a serem utilizadas na prática psicológica com grupos, manejo e cuidado ao entender a subjetividade de cada indivíduo com a relação ao vínculo e afeto profissional, analisar as habilidades de relacionamento em equipe, a criatividade, a experiência com prazos e de que maneira eles fazem com que diferentes pontos de vista sejam reunidos em um único trabalho", esclarece a professora orientadora da ação, Silvana Lopes.

A Coordenadora do Setor Social da Fundação Assis Gurgacz, Salete Chrun, enalteceu a ação do curso de Psicologia. "Os acadêmicos são muito dedicados, olhando para a relação humana. Estamos obtendo um resultado muito positivo. O Seminário de Formação Pessoal e Profissional que foi realizado sábado traz a questão do olhar para o mercado de trabalho atual, o que está sendo utilizado no mercado de trabalho, qual o perfil, desde o currículo que na verdade é um portfólio profissional nos dias atuais. No evento deu para perceber que os adolescentes e jovens estão muito atualizados, eles são inovadores, são empreendedores, possuem uma visão muito clara".





Master Chef Sênior: Sabor da Infância
Com muito carinho em cada detalhe, sem deixar de lado o sabor, os idosos do Centro de Convivência Nair Ventorin Gurgacz participaram do 1º Master Chef Sênior - Sabores da Infância. O desafio culinário buscou as receitas que pudessem encantar os jurados ao mesmo tempo em que permitissem uma viagem ao que o paladar sentia nos tempos de criança.

A disputa teve as últimas etapas classificatórias na semana passada. Na segunda, quarta e sexta-feira, foram escolhidas as duplas que fizeram as três melhores receitas: Enrolado, Rocambole de Carne e Bolacha Caseira. As receitas foram repetidas ontem (27) na final da primeira edição do evento, que foi liderada pela acadêmica de Nutrição, Ana Carla. "A ideia do projeto começou ainda no primeiro semestre deste ano, quando eu realizei um estágio no Centro de Convivência. Fico muito feliz por eles terem topado e abraçado a ideia", destaca. A atividade também contou com o apoio das acadêmicas de Nutrição que atualmente realizam o Estágio no Centro de Convivência.

Na final, a banca julgadora foi composta pela apresentadora da Catve, Vanice Fiorentin; pelo Presidente do Conselho do Idoso, Vanderlei Augusto da Silva; a Coordenadora do curso de Nutrição, Nanci Berto; a professora de Nutrição, Adriana Fernandes; e a cozinheira do Centro de Convivência, Inês Bonatto.

A batalha foi vencida pelo Enrolado, feito pela dupla formada por Berta Maria Bezerra e Maria Trindade Lemes. O prato fez parte da infância de dona Berta, que tem origem alemã. "Acho que se não fossem os temperos, a gente não ganharia. Foi muito bom!", conta Berta.

Para a Coordenadora do Setor Social da Fundação Assis Gurgacz, Profª Salete Chrun, foi um momento importante de integração. "Os idosos se saíram muito bem. Fizeram tudo com muito carinho e dedicação. O resultado foram pratos maravilhosos. O trabalho nos enche de orgulho e demonstre o talento que muitos deles têm", comenta.




CENTRO DE CONVIVÊNCIA NAIR VENTORIN GURGACZ
A Fundação Assis Gurgacz implantou o Centro de Convivência Nair Ventorin Gurgacz, em 2005, com a finalidade de acolher pessoas idosas que vivem em condição de vulnerabilidade social. Para atendê-las, desenvolveu um Programa de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, que visa resgatar a cidadania, a melhoria da qualidade de vida, a geração de renda e promover a inserção social. Atende atualmente a 100 idosos de ambos os sexos, acima de 60 anos, de segunda a sexta-feira, em período integral.

A proposta pedagógica é constituída de projetos multidisciplinares, com eixos temáticos de cidadania, saúde, cultura, educação, sexualidade, tecnologia, arte, esporte e lazer. Conta com uma estrutura física, administrativa e pedagógica, com um Centro de Convivência, uma Academia de Ginástica, um Ginásio Poliesportivo, Salas de Aula, Laboratórios de Informática, Fisiologia e Farmacologia, Auditório e trilha ecológica.

Para atender aos beneficiados a Fundação coloca a disposição uma Coordenação Administrativa e Pedagógica, professores multidisciplinares, acadêmicos, educador social, estagiários, auxiliar administrativo, psicólogo e professor de música. Durante o período de 2005 a 2012, a Fundação acolheu e proporcionou o fortalecimento de vínculos sociais de estimados 900 idosos.




BOCHA CAMPEIRA
O Projeto iniciou suas atividades em 2011, com a finalidade proporcionando um momento recreativo e diferenciado para as pessoas idosas que frequentam o centro de convivência Nair Ventorin Gurgacz, visando à integração e a socialização e o gosto pela modalidade esportiva. Atende 100 pessoas acima de 60 anos, do Centro de Convivência através de campeonatos.
Com uma proposta pedagógica a ser realizado em três etapas:
1ª etapa: um período preparatório de treinamento coletivo destinado para aprendizagem sobre a bocha campeira.
2ª etapa: será realizado de forma individual para o exercício da prática através de formação de duplas e trios.
3ª etapa: participação em campeonatos internos e torneios externos com a comunidade desta faixa etária.
Possui uma estrutura física administrativa, pedagógica, sala de aula, campo de futebol e Centro de Convivência.
Tem um recurso humano constituído de professor de Educação Física, acadêmicos, educador social e auxiliar administrativo.
No período de 2011 a 2012 já realizou dois campeonatos de bocha campeira com 200 pessoas acima de 60 anos.
Democratização do acesso ao jogo de bocha campeira e fortalecimentos de vínculos entre esta faixa etária.




PROJETO ESPORTIVO E RECREATIVO INTEGRADO PARA A 3ª IDADE
O Projeto de treinamento de força musculação teve seu início 2003, com a finalidade de atender idosos e que frequentam o centro de convivência Nair Ventorin Gurgacz, oferecendo treinamento de força, aumentando as capacidades funcionais, a diminuição de sobrepeso e obesidade, aumentando a massa muscular e a força, fortalecendo tendões e ligamentos, melhora da postura, fortalecimento do músculo cardíaco, diminuição do estresse e independência para realização das atividades cotidianas e retardando o processo degenerativo do envelhecimento humano. Para um público de 100 pessoas acima de 60 anos. O Projeto se pauta no sistema de periodização de treinamento, com a finalidade de desenvolver avaliações físicas, identificando o perfil biológico do grupo e a prescrição de exercícios físicos respeitando suas individualidades. Composta por uma estrutura física com uma academia, ginásio poliesportivo, laboratório de fisiologia, sala de aula e Centro de Convivência. O recurso humano constituído de professor de Educação Física, acadêmicos, educador social.No período de 2003 a 2017 já foram atendidos 1.200 idosos, democratizando o acesso ao exercício físico orientado gratuitamente, a melhoria da qualidade de vida da pessoa idosa e a independência ao realizar atividades da vida diária.




JOGOS DE MESA
O Projeto de jogos mesa teve início 2005, com a finalidade de atender idosos e que frequentam o Centro de Convivência Nair Ventorim Gurgacz promovendo a socialização e a interação entre os idosos. Pois os jogos de mesa são excelentes ferramentas que constrói e exercita a paciência, aumenta atenção e concentração, desperta a curiosidade, aguça a imaginação, ameniza a ansiedade, promove também o respeito, a tolerância e tem caráter lúdico e prazeroso.
Para um público alvo de 100 pessoas acima de 60 anos, do Centro de Convivência.
O Projeto é realizado em três etapas:
1ª etapa: um período preparatório de treinamento coletivo destinado para aprendizagem sobre dos jogos de mesa.
2ª etapa: prática através de formação de duplas e quartetos.
3ª etapa: participação em campeonatos internos e torneios externos com a comunidade desta faixa etária.
A estrutura física é constituída em um e Centro de Convivência e sala de aula.
O recurso humano composto por professor de Educação Física, acadêmicos, educador social.
No período de 2005 a 2012 já foram atendidos 1.000 idosos, democratizando o acesso aos jogos de mesa e fortalecendo vínculos entre esta faixa etária, exercitando a memoria e retardando o envelhecimento.




TERÇO DA GRATIDÃO EM HOMENAGEM A SÃO FRANCISCO DE ASSIS
O Terço da Gratidão teve sua 1ª edição em 04 de outubro de 2019, dia do Padroeiro São Francisco de Assis, com a finalidade de refletir sobre a gratidão e homenagear um homem amável que se preocupava do mesmo modo com os homens e a natureza e também como Padroeiro da Fundação Assis Gurgacz. Os idosos do Centro de Convivência Nair Ventorin Gurgacz percorreram pelas trilhas do Centro FAG em oração até a igreja Czestochawa que fica no bosque da instituição. Ao caminhar, passavam por cinco estações, onde cada uma destas possuíam um significado e agradecimento. São elas:

I) ESTAÇÃO: VIDA, AMOR, PAZ, PERDÃO - Gratidão ao reconhecer que a vida é um presente. Sonhar, viver e todo dia agradecer.

II) ESTAÇÃO: FAMILIA, FILHOS, INSTITUIÇÃO, ACADÊMICOS, IDOSOS - A gratidão brilha naturalmente no seu rosto, todos os dias, quando você tem uma família.

III) ESTAÇÃO: SAÚDE, DOENTES - Gratidão é quando você, mesmo diante de um turbilhão de problemas, ainda agradece por ter saúde, lucidez, fé e forças para resolver.

IV) ESTAÇÃO: AMIGOS - Gratidão às pessoas que nos fazem felizes. Eles são os jardineiros encantadores que fazem nossas almas florescerem.

V) ESTAÇÃO: GOVERNANTES, DESEMPREGADOS, FINANCEIRO, NATUREZA - Gratidão a Deus pelo Brasil. Que o sol da justiça possa brilhar sobre nossa pátria, trazendo paz e prosperidade.





SABONETES
A Fundação Assis Gurgacz desenvolveu um projeto para criar um produto artesanal denominado "Sabonete Vó Nair" com os idosos que frequentam o Centro de Convivência Nair Ventorin Gurgacz,com a finalidade de promover o desenvolvimento humano e sua emancipação ativa na sociedade,contribuindo na formação e no processo de envelhecimento autônomo e na geração de renda para os idosos do Programa de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para pessoas idosos da FAG,com recursos oriundos do Fundo Municipal dos Idosos - FMI.




POLVO CARINHOSO DE CROCHÊ
Os Idosos do Centro de Convivência Nair Ventorin Gurgacz,realizam uma ação social todos os anos através da confecção de Polvos de Crochê.O projeto vem sendo desenvolvido desde 2017 com a finalidade de realizar uma ação voluntária,com o intuito de contribuir no tratamento terapêutico de bebês recém-nascidos prematuros,que utilizam a Unidade de Tratamento Intensivo neonatal (UTI),na Fundação Hospitalar São Lucas.A utilização deste brinquedo denominado de "Polvo Carinhoso de Crochê" visa transmitir proteção,conforto,carinho,calma e bem estar ao bebê,pois ao se envolver nos tentáculos macios do polvo,remete-se ao cordão umbilical e com isso retomam à segurança do útero materno.O contato do bebê com os polvos gera efeito positivo no tratamento dos recém-nascidos, em alguns casos eles até ganham peso na incubadora,aumento do oxigênio no sangue e melhoram o sistema cardíaco e respiratório.




CORPO EM MOVIMENTO - CAMINHADAS ORIENTADAS.
O Projeto Corpo em movimento Caminhadas orientadas teve seu início em 2003, com a finalidade de atender idosos e que frequentam o centro de convivência Nair Ventorim Gurgacz, proporcionando a prática de atividade física, prevenindo as doenças decorrentes da falta de exercícios, visando à redução do estresse, da tensão e ansiedade, melhorando a autoestima, o condicionamento físico, a circulação sanguínea e o fortalecimento do músculo cardíaco.
Para um público alvo de 100 pessoas acima de 60 anos.
O projeto iniciou com 50 pessoas idosas e atualmente atende 100 participantes, realizado duas vezes por semana, com uma proposta pedagógica constituída de atividades de aquecimento e alongamento, em seguida os participantes são divididos em dois grupos:
GRUPO 1: Realiza a caminhada de aproximadamente 25 á 30 minutos no percurso longo, sem intervalos para descansar e recuperar.
GRUOP 2: Realiza a caminhada de aproximadamente 25 á 30 minutos, em um percurso em curto de ida e volta pelo mesmo trajeto, com intervalos para realizar exercícios de relaxamento dinâmicos para diminuir a frequência cardíaca.
Os grupos são divididos de acordo com a distância percorridos no teste de caminhada (6 minutos) e patologias. Realiza-se também o controle da frequência cardíaca, mensurada antes e após a caminhada, ao final é realizado atividades de relaxamento, com professores e acadêmicos do curso de Educação Física, da Faculdade Assis Gurgacz-FAG.
Composta por uma estrutura física de uma trilha ecológica, Centro de Convivência e ginásio poliesportivo.
Possui um recurso humano constituído por professor de Educação Física, acadêmicos, educador social e auxiliar administrativo.
No período de 2003 a 2012 já foram atendidos 1.100 pessoas idosas, democratizando o acesso a uma atividade física orientada gratuitamente, contribuindo para o envelhecimento ativo e saudável.




FESTIVAL DE MÚSICA PARA 3ª IDADE FESTFAG 6ª EDIÇÃO
O Festival de Música para 3ª Idade, a finalidade de resgatar a identidade da pessoa idosa, oportunizando a troca de experiências e o desenvolvimento das habilidades musicais, criando um espaço para revelação de talentos e a realização de sonhos, estimulando a participação desta população nos Programas Sociais oferecidos pelas Prefeituras municipais e pelas demais Entidades Governamentais e não Governamentais.
O público alvo do festival são pessoas acima de 60 anos de idade que participam dos Programas Sociais das Entidades Governamentais e não Governamentais.
O festival de música é realizado anualmente, em duas categorias de Interpretação e composição, de modo individual ou grupal.
Serão pré-selecionadas 20 músicas, sendo 10 de cada categoria; por profissionais da área.
Os participantes do festival serão avaliados por uma mesa julgadora composta por profissionais que são referências em relação aos quesitos a serem julgado para a contagem dos pontos.
O Festival será realizado nos dias 29, 30 E 31 de outubro de 2013.
Serão premiados os participantes que forem classificados do primeiro ao quinto lugar de cada categoria.
As 10 melhores composições serão gravadas em um CD compacto e entregue aos participantes.
Os três melhores concorrentes de cada etapa do festival receberão troféu DESTAQUE, (presença de palco, desenvoltura, comunicação com o público), realizada a escolha pelo público presente.
Os vinte participantes nas duas categorias receberão troféu PARTICIPAÇÃO (Incentivo, estimulação, valorização da participação e o uso das camisetas do festival).
O Festival de Música é realizado conforme o regulamento já instituído nas edições anteriores.
Possui uma estrutura física, administrativa e pedagógica com sala de aula, Centro de Convivência e auditório.
Possui um recurso humano constituído de professor de música, acadêmicos, educador social e auxiliar administrativo, produtor, diretor musical/arranjador, banda de apoio, coordenação geral, assistente de produção, jurados, assistente de produção, apresentador.
O Festival já se encontra na sua 6ª edição, com um público estimado de 30.000 (trinta mil) Pessoas idosas por edição, acima de 60 anos de todas as camadas sociais, de ambos os sexos, da Região Sul do Brasil (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul).
Resgatar a identidade da pessoa idosa na sociedade e disseminar a cultura e a realização de sonhos.




ARTES NA 3ª IDADE
O projeto de artes multidisciplinar vem sendo de promovido desde, 2005, com a finalidade oportunizar o teatro a dança e música para pessoas idosas, possibilitando a expressão, interpretação, composição, representação e criação, estimulando a concentração, a memoria, a auto estima, a socialização a criatividade e preservação da saúde física, emocional e mental, desenvolvendo a expressão corporal, artística e lúdica a pessoa idosa.
Com um público alvo de 100 idosos do Centro de Convivência Nair Ventorin Gurgacz.
A proposta pedagógica se constitui de trabalhos coletivos e individuais, com atividades que permeiam os eixos da arte como o teatro, a música e a dança, através de pesquisas, estudos dirigidos, ensaio e apresentações artísticas.
Como uma estrutura física, administrativa e pedagógica, com um auditório, sala de aula, ginásio poliesportivo e Centro de Convivência.
Recurso Humano constituído de professor de música, professor de educação física, pedagogo, professor de artes plásticas, acadêmicos, educador social e auxiliar administrativo.
No período de 2005 a 2012, já foram atendidas 1.000 pessoas acima de 60 anos, realizando a Inclusão social e fortalecimento de vínculos afetivos emocionais.




CORAL HARMONI/FAG
O Projeto de coral Harmoni-FAG teve início 2005 e é praticado até hoje, com a finalidade de atender idosos e que frequentam o centro de convivência Nair Ventorim Gurgacz, estimulando a expressão musical e as emoções como uma linguagem privilegiada através da qual os seres humanos se comunicam entre si, proporcionando o crescimento intelectual, musical e cultural do idoso, experiências, o potencial criativo e produtivo.
Para um público alvo de 100 pessoas acima de 60 anos, do Centro de Convivência.
O projeto é realizado uma vez por semana, com uma proposta pedagógica constituída de atividades que trabalham o timbre, a entonação e a participação sensível e corporal presentes no ato de cantar. As aulas também serão compostas por estudos teóricos musicais e instrumentais, tais como violão e flauta.
Estrutura Física é constituída de administrativa e pedagógica, com auditório, sala de aula e Centro de Convivência.
O recurso humano se constitui de professor de música, acadêmicos, educador social e auxiliar administrativo.
No período 2005 a 2012, já foram atendidos 1.000 idosos, encantando, levando alegria e mexendo com as emoções das pessoas na sociedade.




BAZAR SOLIDÁRIO DA VOVÓ
O projeto vem sendo desenvolvido desde 2005, com a finalidade de oportunizar a geração de renda para os idosos do Centro de Convivência Nair Ventorin Gurgacz, que contribuirá no orçamento dos idosos, visando à melhoria da qualidade vida e a inserção social.
Com um público alvo de 100 pessoas acima de 60 anos idade do Centro de Conivência.
A proposta se constitui de cursos de capacitação, com pesquisas, palestras, estudos dirigidos, oficinas multidisciplinares e prática de produção de artesanatos, com o resultado desta prática são realizadas exposições periodicamente do bazar conforme a demanda e oportunidade.
Com uma estrutura física, administrativa e pedagógica, com sala de aula, Centro de Convivência e um espaço para exposição do bazar.
Recursos Humanos constituídos de coordenador, professor de arte, pedagogo, acadêmicos, educador social e auxiliar administrativo.
No período 2005 a 2012, já atendeu 1.000 pessoas acima de 60 anos, oportunizando a geração de renda e produtividade dos idosos.




ECO REFLEXÃO - CELEBRAÇÃO DA MISSA SERTANEJA UNIVERSITÁRIA
A missa sertaneja teve a sua 1ª edição em 04 de outubro 2012, dia do Padroeiro São Francisco de Assis, com a finalidade de refletir sobre a preservação ambiental e homenagear o patrono dos animais e da natureza e Padroeiro da Fundação Assis Gurgacz, o dia do Engenheiro Agrônomo e do Médico Veterinário, além de valorizar o homem do campo, a cultura tradicional do sertanejo e o do agropecuarista, celebrando também o alimento por estes produzidos, fortalecendo a identidade com a comunidade, com parceria dos colegiados de Agronomia e Medicina Veterinária da Faculdade Assis Gurgacz - FAG.
Com um público alvo de diretores, coordenadores, funcionários, professores, acadêmicos e familiares da Faculdade Assis Gurgacz, participantes dos programas sociais da Fundação Assis Gurgacz (adolescentes, idosos e familiares) e comunidade. A proposta continha uma litúrgica especial sobre a cultura do homem sertanejo, formada em grande parte por paródia de músicas sertanejas de raiz, berrante, com ensaio de música, preparação do coral, decoração temática, preparação de ofertas voltadas a produção homem do campo, benção, procissão e distribuição do pão de são Francisco de Assis aos participantes da celebração. Com uma estrutura física, administrativa e pedagógica com um ginásio poliesportivo, sala de aula, Centro de Convivência, hospital veterinário.
Possui um recurso humano constituído de Coordenador geral, coordenadores dos cursos, professor de música, acadêmicos, educador social, auxiliar administrativo, coral, tocador de berrante, equipe litúrgica, Padre, animador, comentarista. A sua 1ª edição ocorreu em 2012 e teve um público estimado de 1.000 participantes.
Participação da família na vida acadêmica, valorização do campo e integração acadêmica com a sociedade.





FESTA JUNINA
O Projeto de Festa Junina teve início 2005 e é praticado até hoje, com a finalidade de atender idosos e que frequentam o centro de convivência Nair Ventorin Gurgacz, visando integração dos idosos e promoção do conhecimento da cultura folclórica e dos costumes regionais.
Para um público alvo de 100 pessoas acima de 60 anos, do Centro de Convivência.
A proposta pedagógica é constituída por pesquisas, ensaios, confecção de decoração temática, conhecendo e cantando canções de festa junina e realizando apresentações coreográficas temáticas internas e externas, com a participação dos idosos na organização e na execução da festa junina.
Conta com uma estrutura física, administrativa e pedagógica, com sala de aula, laboratório de informática, quadra de esporte e Centro de Convivência.
Possui um recurso humano constituído de professor de música, professor de educação física, acadêmicos, educador social e auxiliar administrativo.
No período de 2005 a 2012, já foram atendidos 1.000 idosos, nesta atividade, oportunizando cultura e interação social.




CAPACITAÇÃO PARA TRABALHAR COM A 3ª IDADE
O projeto de capacitação para trabalhar 3ª idade foi implantado em 2005 a 2007 com a finalidade de atender os serviços governamentais e organizações não governamentais do município de Cascavel e região, oportunizando aos coordenadores, líderes e leigos, um aprofundamento teórico e prático sobre a 3ª idade, nos aspectos biológicos, psicológicos, sociais e culturais.
Com um público alvo de líderes comunitários, coordenadores da 3ª idade, acadêmicos, professores, agentes de pastorais, voluntários, conselheiros de Assistência Social, Conselheiros do idoso, Secretários de Assistência social, dirigentes socais comunitários e coordenadores de organizações governamentais e não governamentais.
A proposta pedagógica do curso de capacitação contém 148horas de aulas teóricas e práticas, com duração de 4 meses, com 30 alunos por turmas, através de 3 módulos Vida e Saúde na 3ª idade, Educação/Assistência Social e Comunicação e Arte na 3ª idade, dinâmicas de práticas sociais. Após o término do curso os participantes foram certificados.
Estrutura Física, administrativa e pedagógica com sala de aula, laboratório de informática, auditório, quadra de esporte e Centro de Convivência.
Com recursos humanos constituído de um corpo docente de doutores, mestres e especialistas e profissionais de áreas específicas, como coordenador, nutricionista, assistente social, psicólogo, pedagogo, enfermeira, Administrador, fisioterapeuta, Sociólogo, Prof. de Artes, professor de Educação Física, Professor de dança, professor de teatro, professor de música, acadêmicos, educador social e auxiliar administrativo, com parceira da Faculdade Assis Gurgacz.,
O período 2005 a 2007, foram realizadas 2 turmas com 30 alunos cada.
Referencial de atendimento na 3ª idade em Cascavel e da Região Oeste do Paraná.




FORMAÇÃO E CIDADANIA
O Projeto de formação e cidadania surgiu em 2003, visa resgatar a cidadania, o pleno desenvolvimento do ser humano, promovendo crescimento social, conhecimento sobre os direitos fundamentais, direitos socioambientais, direitos à vida, à liberdade, à propriedade, à igualdade de direitos, direitos civis, políticos e sociais.
O Projeto também destaca os deveres e responsabilidades do cidadão frente à sociedade, pautado em princípios éticos, o respeito mútuo, solidariedade, justiça, não violência/uso do diálogo, acolhimento do outro com suas diferenças, potencialidades e dificuldades.
Atende 100 idosos acima de 60 anos e 150 adolescentes de 14 a 18 anos incompletos, de ambos os sexos que se encontram em vulnerabilidade social na comunidade.
As ações pedagógicas são constituídas por curso multidisciplinares, desenvolvendo os eixos temáticos: cidadania, ética, meio ambiente, saúde, cultura e educação, sexualidade, tecnologia, arte, esporte e o lazer, com fins sociais e culturais.
Possui uma estrutura física, administrativa e pedagógica, com um centro de convivência, salas de aula, laboratório de Informática, auditório.
Com um recurso humano constituído por uma coordenação Administrativa, Pedagógica e Social, professores multidisciplinares, acadêmicos, educador social, monitores, estagiários, auxiliar administrativo, psicólogo e assistente social.
Já foram atendidos na sede da Fundação 2.000 adolescentes e idosos de ambos os sexos, para resgatar a promoção humana em tempo de exclusão social e desumanização do homem.




A ARTE DE BEM ENVELHECER
O Projeto Arte de bem envelhecer teve início 2003 a 2012, com a finalidade de atender idosos dos Programa Ação Integrada pela Cidadania, mantido pela Fundação Assis Gurgacz, visando a discussão sobre o envelhecimento nos seus aspectos físicos, emocionais e sociais, buscando promover a qualidade de vida e saúde mental dos participantes do programa, um público de 100 pessoas idosas acima de 60 anos de idade.
As atividades são desenvolvidas em encontros semanais de forma grupal e individual, com palestras, dinâmicas de grupo, teatrais e lúdicas, com profissionais e acadêmicos do curso de Psicologia da Faculdade Assis Gurgacz.
Possui uma estrutura física, administrativa, pedagógica com sala de aula, auditório e Centro de Convivência.
O recurso humano é constituído de Coordenador, psicólogo, pedagogo, acadêmicos, educador social e auxiliar administrativo.
O projeto já atendeu 1.200 pessoas idosas, no período 2003 a 2012, garantindo conhecimento sobre o envelhecimento e auto aceitação.




PROJETO DE ASSESSORIA JURÍDICA POPULAR - CAJUP
O Núcleo de Prática Jurídica da FAG (NPJ) iniciou as atividades em 2005, com a finalidade de atender a comunidade carente por meio de Assistência Judiciária Gratuita, visando à solução dos conflitos nas áreas da família, civil, criminal, juízo especial e atendimentos comunitários, previdenciários e penitenciários, além de oferecer apoio psicológico.
O público alvo é jovens, adultos e idosos da comunidade que vivem em situação de vulnerabilidade social.
O atendimento ocorre de segunda a sexta-feira, das 8h30min às 11h30min e das 13h30min às 17h30min.
Possui uma estrutura física própria, localizada na Avenida Tancredo Neves, nº 131, e conta com suporte administrativo e pedagógico, sobre supervisão de professores e advogados.
O Programa já realizou no período de 2005 a 2012, aproximadamente 13.266 atendimentos gratuitos para a comunidade. Mensalmente atende, em média, 50 casos judiciais, entre nomeações, atendimentos da área cível, familiar e penal. Dessa forma, somam-se mais de 8 mil casos já atendidos desde a sua criação.
A democratização do acesso à assistência judiciária gratuita, para a população carente de Cascavel, também é uma importante ação de responsabilidade social que a FAG implantou.




PROJETO DE SAÚDE INTEGRADO
A Clínica foi instituída em 2004 com a finalidade de atender pessoas de camadas sociais vulneráveis, contribuindo para o bem-estar social das pessoas residentes na cidade de Cascavel e Região.
O público atendido são crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos, que são encaminhados nas diversas áreas de especialidades: Fisioterapia Pediátrica, Neurologia, Ortopedia, Cardiorrespiratória, Hidrocinesioterapia, Uroginecologia e Obstetrícia, Terapia Manual, Nutrição, Psicologia, Fonoaudiologia, Estética e Cosmética, Farmácia, Enfermagem, Medicina e reabilitação física. A essas pessoas é ofertado um atendimento multidisciplinar e interdisciplinar nas respectivas áreas da saúde.
Possui uma estrutura com Clínica, laboratórios, sala de aulas, consultórios e área de atendimento ao público.
Seu corpo técnico é constituído de professores, coordenadores, técnicos, acadêmicos, assistente social, profissionais da saúde ou de áreas afins.
Desde 2004, a clínica de Saúde Integrada atende diariamente, em média, 300 pacientes entre crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos, do munícipio de Cascavel e região.
Hoje já é um centro de referência no atendimento à comunidade na área de reabilitação, em Cascavel e na região Oeste do Paraná.

a) ATENDIMENTO NO CENTRO DE REABILITAÇÃO
b)ATENDIMENTO FISIOTERAPÊUTICO E PRAIDE
c) ATENDIMENTO DE ORIENTAÇÃO NUTRICIONAL
d) ATENDIMENTO DE PSICOLÓGICO: CEMIC; APAE; CASM; CAPS-AD, ESCOLAS MUNICIPAIS E ESTADUAIS E À COMUNIDADE EM GERAL.
e) ATENDIMENTO DE FONOAUDIOLOGIA
f) ATENDIMENTO DE ESTÉTICA E COSMÉTICA
g) ATENDIMENTO DE FARMÁCIA
f) ATENDIMENTO MÉDICO /AMBULATORIAL
F) ATENDIMENTO DE ENFERMAGEM




ESPORTE ADAPTADO COMO MOTIVADOR PARA REABILITAÇÃO FISICA.
O PROJETO surgiu em 2005, partindo do conceito de que a cidadania se sedimenta e as conquistas sociais avançam, torna-se necessário uma maior autonomia para pessoas com necessidades especiais, como direito universal do ser humano e do principio que todos têm um papel preestabelecido a ser exercido na sociedade.
O programa de atender jovens e adultos com a finalidade de realizar a inclusão social e a recuperação no tratamento fisioterapêutico através de atividades esportivas recreativas, como forma de agente motivador no atendimento na clínica de fisioterapia da FAG, com apoio de profissionais de educação física, nutrição e psicologia, para buscar a mobilização e integração da pessoa com necessidades especiais, através de atividades físicas.
A proposta pedagógica do programa é constituída de dança, por uma equipe multidisciplinar desenvolvido por profissionais da área e acadêmicos colaboradores da Faculdade Assis Gurgacz-FAG. Sendo três vezes por semana com duração de 8(oito) horas semanais, dividido em atividades de basquetebol, musculação, fisioterapia e acompanhamento psicológico e nutricional,
Conta com um ginásio poliesportivo, academia, laboratório de fisiologia, oferece ainda o equipamento cadeira de rodas, para facilitar a locomoção dos beneficiários.
Foram atendidas duas equipes compostas de 12 atletas cadeirantes, no período de 2005 a 2006, possibilitando a democratização do acesso ao esporte, a superação de limites e minimizando preconceitos.




AÇÃO INTEGRADA PELA CIDADANIA
O Programa teve seu início com atividades integradas, com a finalidade de oferecer projetos sociais gratuitamente à comunidade, atendendo Crianças e adolescentes na faixa etária de 7 (sete) a 14(quatorze) anos, Jovens, família, idosos e pessoas com necessidades especiais da comunidade que se encontram em vulnerabilidade social, com objetivo de resgatar a cidadania, as atitudes éticas pelo compromisso social, a inserção no ambiente sociocultural e pela participação em vivências comunitárias, o ingresso no mercado de trabalho pela formação e/ou requalificação profissional e a geração de emprego e renda pela participação em empreendimentos coletivos.O programa tem um caráter formativo que pressupõe a superação do trabalho meramente assistencialista. As suas ações são pautadas de acordo com a LOAS - Lei Orgânica de Assistência Social, que em seu art. 2º destaca à proteção à família, à infância, a adolescência, a velhice, às pessoas com necessidades especiais e a promoção da integração ao mundo de trabalho, visa o enfrentamento da pobreza e a universalização dos direitos sociais.A proposta pedagógica é constituída de projetos multidisciplinares, com núcleos de cidadania, formação educacional e profissional, saúde, meio ambiente, tecnologia, família, sexualidade, cultura, esporte e lazer e qualidade de vida.Possui uma Estrutura Física, administrativa e pedagógica, com salas de aula, laboratório de Informática, laboratório de farmacologia, laboratório de fisiologia, Centro de Convivência, academia, Laboratório Pedagógico/brinquedoteca, auditório e ginásio poliesportivo.Recursos humanos especializados, composto de professores multidisciplinares, coordenação, acadêmicos, educador físico, educador social, monitores, estagiários, auxiliar administrativo, psicólogo e professor de música em parceria com o Centro Universitário FAG. A sua abrangência atinge todos os bairros do município de Cascavel e prioritariamente os que se encontram no entorno da Fundação, como Santo Onofre, Santa Cruz, Paulo Godoy, Aclimação, Esmeralda, Jardim Palmeiras, Santos Dumont, Coqueiral, Alto Alegre e Parque Verde.
Projetos Integrados:
- Recriando: Crianças e Adolescentes: Formação, recreação e lazer.Atendeu de 2002 a 2009, 400 crianças e adolescentes;
- Reviver I: FAG da Melhor Idade: Inclusão social - pessoas acima de 60 anos;
- Reviver II: FAG da Melhor Idade: Promoção e prevenção da saúde - pessoas acima de 60 anos;
- Reviver III: FAG Fazendo diferença: Inclusão social - pessoas com necessidades especiais.
O "Programa 3ª Idade" durante o período de 2002 a 2019 realizou a inclusão social de 1.800 idosos e, a partir, de 2009 qualificou 1.500 Adolescentes e Jovens ,entre 14 a 24 anos ,para o Mercado de Trabalho,através do "Programa de Aprendizagem Profissional Jovem Aprendiz".




FESTIVAL CULTURAL DE ARTES INTEGRADAS DA 3º IDADE




PROGRAMA DE APRENDIZAGEM PROFISSIONAL: JOVEM APRENDIZ-PAJA
PEQUENAS AÇÕES, GRANDES PROFISSIONAIS
A Fundação implantou em 2009 o Programa de Aprendizagem Profissional Jovem Aprendiz, com a finalidade de desenvolver cursos na área Administrativa e de Tecnologia gratuitamente, para 150 adolescentes de 14 (quatorze) a 18 (dezoito) anos incompletos, de ambos os sexos, visando à iniciação profissional, o ingresso no mercado de trabalho e a inserção social, tendo como prioridade o atendimento ao público que se encontra em situação de risco social, que frequentem o Ensino Regular e/ou Ensino Médio das escolas públicas ou privadas.
O Programa é desenvolvido em 2 (dois) anos, com uma carga horária de 2.116 h/a, sendo 580h/a teóricas e 1.536 práticas, ministrado de 2ª a 6ª feira no período de matutino e vespertino e aos sábados no período matutino, para atender as empresas conveniadas.
A proposta pedagógica é constituída de forma multidisciplinar, modular e diversificada:
1 Módulo Básico Preparatório: Formação e Cidadania,
2 Módulo Específico de Administração geral: Automação de Escritório, Noções Básicas de Administração, Contabilidade e Departamento de Pessoal.
3 Módulo de Aprofundamento na área Administrativa Empresarial e Tecnológica. Após a conclusão dos módulos os alunos recebem certificados.
4 Módulo de Tecnologia: Digitação, Windows, Word, Excel, Power point, internet e cursos específicos Adobe, InDesign Cs, Photoshop, Corel Draw e Ilustrador e Manutenção de Computadores.
Projetos com atividades diversificadas com a finalidade ampliar novos conhecimentos e habilidades, como diferencial na formação dos integrantes do programa.
- Formação e Cidadania,
- Língua Estrangeira: Inglês,
- Jovem Talento em SI,
- Comunicação Eficaz - Concurso de Oratória,
- Conhecendo as Profissões,
- Orientação vocacional.
Possui uma estrutura física com salas de aula, laboratório de Informática e auditório, além de um corpo técnico especializado, contendo coordenação pedagógica, professores multidisciplinares, acadêmicos, educador social, monitores, estagiários, auxiliar administrativo, psicólogo, professor de música e assistente social, com parceiras da Faculdade Assis Gurgacz.
Durante o período de 2009 a 2012 atendeu 600 adolescentes na formação cidadã e inserção no mercado de trabalho, através de convênios com as seguintes empresas:
- VK Comércio Ltda,
- Cooperativa de crédito de livre Admissão Cataratas do Iguaçu-SICREDI,
- JOTA ELE Construções Civis Ltda,
- VIAÇÃO NOVA INTEGRAÇÃO Ltda,
- UNESUL de Transportes,
- Amazônia Publicidade Ltda-GTV TV por assinatura,
- HOSPITAL SÃO LUCAS de Cascavel Ltda.
- EUCATUR-Empresa União Cascavel de Transporte e Turismo Ltda,
- MAGAZINE LUIZA S/A,
- LOJAS COLOMBO S/A,
- B4 Construções Ltda,
- LUZZA E SOUZA Encomendas,
- Cooperativa Central Pesquisa Agrícola-COODETEC,
- Associação Comercial Industrial de Cascavel- ACIC,
- SICOOB-Cooperativa de Crédito de Livre Admissão de Cascavel e Região,
- Hércules Componentes Elétricos Ltda.,
- KHALLEB- hortifrutigranjeiros Ltda,
- ASSOCIAÇÃO DE EDUCAÇÃO FAMILIAR e Social do Paraná,
- CENTRO DE ONCOLOGIA Cascavel Sociedade Simples Ltda- CEONC,
- CONSTRUTORA Morar Bem,
- CONSILOS Industrial Ltda,
- DSR Soluções e Inteligência Logística Ltda,
- BIGOLIN Materiais de Construção Ltda,
- TECH ART-Comércio de Equipamentos Elétricos Ltda,
- STOPETROLEO S/A- Comércio de Derivados de Petróleo
- J.J 200 Transportes Ltda,
- ASGEL - Assis Gurgacz Empreendimentos Ltda,
- UNIPRIME Oeste do Paraná Ltda.
- Rodovia das Cataratas S/A - ECOCATARATAS .




CENTRO DE CONVIVÊNCIA NAIR VENTORIN GURGACZ - PROGRAMA DE CONVIVÊNCIA E FORTALE
A Fundação Assis Gurgacz implantou o Centro de Convivência Nair Ventorin Gurgacz em 2005 com a finalidade de acolher pessoas idosas que vivem em venerabilidade social. Para atendê-las, desenvolveu um Programa de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, que visa resgatar a cidadania, a melhoria da qualidade de vida, geração de renda e a inserção social.
Atende atualmente 100 idosos de ambos os sexos, acima de 60 anos, de segunda a sexta feira em período integral.
A proposta pedagógica é constituída por projetos multidisciplinares, com eixos temáticos de cidadania, saúde, cultura, educação, sexualidade, tecnologia, arte, esporte e lazer.
Conta com uma estrutura física, administrativa e pedagógica. Com um centro de convivência, uma academia de ginástica, um ginásio poliesportivo, salas de aula, laboratório de Informática, fisiologia e farmacologia, auditório e trilha ecológica.
Para atender os beneficiados a Fundação coloca a disposição uma Coordenação Administrativa e Pedagógica, professores multidisciplinares, acadêmicos, educador social, estagiários, auxiliar administrativo, psicólogo e professor de música.
Durante o período de 2005 a 2012 a Fundação acolheu e proporcionou o fortalecimento de vínculos sociais de estimados 900 idosos.




PROGRAMA DE ALFABETIZAÇÃO SOLIDÁRIA
A Fundação Assis Gurgacz já vem contribuindo no processo de Alfabetização, desde 2000, quando atendeu ao Programa de Alfabetização Solidária/Brasil alfabetizado do Governo Federal, com a finalidade de possibilitar a formação a jovens e adultos dos Estados da Bahia, Piau, Espírito Santo, Pernambuco e Minas Gerais, contribuindo para a mobilização nacional e redução dos índices de analfabetismo no Brasil,
A proposta pedagógica do projeto Federal de Alfabetização Solidária foi desenvolvida durante sete anos, baseada nos pressupostos teórico/prático de Paulo Freire. As atividades foram realizadas no local de origem dos alunos, atendendo, prioritariamente, a áreas pobres, que possuem os maiores índices de analfabetismo definidos em ranking do IBGE, ou ofertada à formação na Instituição conveniada em Cascavel-Paraná.
Conta com uma estrutura física, administrativa e pedagógica, com salas de aula e auditório da Fundação Assis Gurgacz, além de coordenadores, professores multidisciplinares, acadêmicos, estagiários, auxiliar administrativo, da Faculdade Assis Gurgacz.
O programa atendeu no período de 2000 a 2007 a um público de 16.400 alunos, sendo 9.010 alfabetizados e 7.390 professores capacitados como multiplicadores do Programa de Alfabetização Solidária, atuando em 14 municípios: Ibiracatu, Varzelandia, Encruzilhada, Socorro do Piauí, Pavussu, Alegrete, Belém, Rio Grande do Piauí, Socorro do Piauí, Ribeira do Piauí, Capitão Gervásio de Oliveira, São José do Egito, Brejinho e Goiana.
A Fundação contribuiu para erradicação do analfabetismo no País e para a melhoria das condições de vida dessas pessoas.





PROGRAMA PARANÁ ALFABETIZADO
O Programa Paraná Alfabetizado é uma ação do Governo do Estado do Paraná, desenvolvido em parceria com a Fundação Assis Gurgacz, com o objetivo de garantir a alfabetização aos idosos do Centro de Convivência Nair Ventorin Gurgacz. As ações do programa estão pautadas na compreensão de que a leitura e a escrita são direitos elementares da cidadania. Desse modo, visa sensibilizar a população não alfabetizada nessa faixa etária a ingressar no universo da educação, superando o analfabetismo, principalmente, tratando-se das pessoas acima de 60 anos que frequentam o Centro de Convivência Nair Ventorin Gurgacz.
O Programa de alfabetização tem atividades teóricas e práticas, e é voltado para as necessidades dos idosos no seu dia a dia. O material pedagógico foi elaborado pelo Governo do Estado do Paraná, e o atendimento é realizado nas 2ª, 4ª e 6ª feiras, com duas horas de duração, totalizando 6 (seis) horas semanais. Após a conclusão do curso os alunos são certificados.
Possui uma estrutura administrativa e pedagógica, com salas de aula e Centro de Convivência da Fundação Assis Gurgacz.
Conta ainda com o apoio de coordenador pedagógico, professor, monitor social, da Fundação Assis Gurgacz e Secretaria Estadual de Educação.
O programa, no período de 2010 a 2012, atendeu a quatro turmas, totalizando 60 alunos idosos alfabetizados no município de Cascavel.
Essa ação facilita o acesso das pessoas idosas às suas ações diárias e contribui na erradicação do analfabetismo no município.




AÇÃO INTEGRADA PELA CIDADANIA
O Programa teve seu início com atividades integradas, com a finalidade de oferecer projetos sociais gratuitamente à comunidade, atendendo Crianças e adolescentes na faixa etária de 7 (sete) a 14(quatorze) anos, Jovens, família, idosos e pessoas com necessidades especiais da comunidade que se encontram em vulnerabilidade social, com objetivo de resgatar a cidadania, as atitudes éticas pelo compromisso social, a inserção no ambiente sociocultural e pela participação em vivências comunitárias, o ingresso no mercado de trabalho pela formação e/ou requalificação profissional e a geração de emprego e renda pela participação em empreendimentos coletivos.O programa tem um caráter formativo que pressupõe a superação do trabalho meramente assistencialista. As suas ações são pautadas de acordo com a LOAS - Lei Orgânica de Assistência Social, que em seu art. 2º destaca à proteção à família, à infância, a adolescência, a velhice, às pessoas com necessidades especiais e a promoção da integração ao mundo de trabalho, visa o enfrentamento da pobreza e a universalização dos direitos sociais.A proposta pedagógica é constituída de projetos multidisciplinares, com núcleos de cidadania, formação educacional e profissional, saúde, meio ambiente, tecnologia, família, sexualidade, cultura, esporte e lazer e qualidade de vida.Possui uma Estrutura Física, administrativa e pedagógica, com salas de aula, laboratório de Informática, laboratório de farmacologia, laboratório de fisiologia, Centro de Convivência, academia, Laboratório Pedagógico/brinquedoteca, auditório e ginásio poliesportivo.Recursos humanos especializados, composto de professores multidisciplinares, coordenação, acadêmicos, educador físico, educador social, monitores, estagiários, auxiliar administrativo, psicólogo e professor de música em parceria com o Centro Universitário FAG. A sua abrangência atinge todos os bairros do município de Cascavel e prioritariamente os que se encontram no entorno da Fundação, como Santo Onofre, Santa Cruz, Paulo Godoy, Aclimação, Esmeralda, Jardim Palmeiras, Santos Dumont, Coqueiral, Alto Alegre e Parque Verde.
Projetos Integrados:
- Recriando: Crianças e Adolescentes: Formação, recreação e lazer. Atendeu de 2002 a 2009, 400 crianças e adolescentes;
- Reviver I: FAG da Melhor Idade: Inclusão social - pessoas acima de 60 anos;
- Reviver II: FAG da Melhor Idade: Promoção e prevenção da saúde - pessoas acima de 60 anos;
- Reviver III: FAG Fazendo diferença: Inclusão social - pessoas com necessidades especiais.
O "Programa 3ª Idade" durante o período de 2002 a 2018 ,realizou a inclusão social de 1.800 idosos e a partir de 2009 através do "Programa de Aprendizagem Profissional Jovem Aprendiz", qualificou 1.500 Adolescentes e Jovens ,entre 14 a 24 anos ,para o Mercado de Trabalho .




PROGRAMA DE APRENDIZAGEM PROFISSIONAL JOVEM APRENDIZ
A Fundação implantou em 2009 o Programa de Aprendizagem Profissional Jovem Aprendiz, com a finalidade de desenvolver cursos na área Administrativa e de Tecnologia gratuitamente, com 150 vagas para adolescentes de 14 (quatorze) a 24 (vinte e quatro) anos incompletos, de ambos os sexos, visando à iniciação profissional, a permanência no mercado de trabalho e a inserção social, tendo como prioridade o atendimento ao público que se encontra em situação de risco social, que frequentem o Ensino Regular e/ou Ensino Médio das escolas públicas ou privadas.O Programa é desenvolvido em 2 (dois) anos, com uma carga horária de 1.840h/a, sendo 552h/a teóricas e 1.288 práticas, ministrado de segunda a sexta-feira , no período de matutino e vespertino, para atender as empresas conveniadas. A proposta pedagógica é constituída de forma multidisciplinar, modular e diversificada.
Módulos Básicos: Formação e Cidadania, Comunicação Oral e Escrita, Matemática, Meio Ambiente, Saúde, Inclusão Digital, Relações Humanas no Trabalho, Organização Empresarial, Direitos Trabalhistas Previdenciários, Educação Financeira e para o Consumo, Educação Fiscal, Segurança Pública voltada para Adolescentes e Jovens, Uso indevido de Álcool, tabaco e outros. Módulos Específicos de Administração de Empresa em geral: Automação de Escritório, Noções Básicas de Administração, Departamento de Pessoal, Contabilidade, Arquivista, Almoxarife e Continuo/Office-Boy/Office-Girl .
Projetos com atividades diversificadas com a finalidade ampliar novos conhecimentos e habilidades, como diferencial na formação dos integrantes do programa:- Formação e Cidadania, - Língua Estrangeira: Inglês ,- Jovem Talento em SI, - Comunicação Eficaz - Concurso de Oratória,- Conhecendo as Profissões,- Orientação vocacional, -Olimpíadas de Matemática,-Aprendiz de Ouro.
Possui uma estrutura física com salas de aula, laboratórios de Informática, auditório, além de um corpo técnico especializado, contendo coordenação pedagógica, professores multidisciplinares, acadêmicos, educador social, monitores, estagiários, auxiliar administrativo, psicólogo, professor de música e assistente social, com parceiras do Centro Universitário.Durante o período de 2009 a 2018 qualificou 1.500 Adolescentes e Jovens para o Mercado de Trabalho, através de Convênios com as seguintes Empresas:
ALFAMA ALIMENTOS LTDA
AMAZÔNIA PNEUS LTDA
ASGEL - ASSIS GURGACZ EMPREENDIMENTOS LTDA
ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E INDUSTRIAL DE CASCAVEL - ACIC
ASSOCIAÇÃO DAS EMPRESAS DE TRANSPORTE COLETIVO DE PASSAGEIROS DO SISTEMA INTEGRADO MUNICIPAL DE CASCAVEL - VALE SIM
ASSOCIAÇÃO DE EDUCAÇÃO FAMILIAR E SOCIAL DO PARANÁ - AEFSPR
ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS EXCEPCIONAIS DE CASCAVEL - APAE
ATACADO BELAMODA DE CONFECÇÕES LTDA
BIGOLIN MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO LTDA
BOTELHO EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS - LOKATELL LTDA
CASCAVEL PARANÁ CONSTRUÇÕES LTDA
CATARATAS FABRICAÇÃO DE COLCHÕES LTDA
CENTRO DE ONCOLOGIA CASCAVEL LTDA - CEONC
CIMENTEL
COCAPASA - CONSTRUÇÕES PAVIMENTAÇÕES E SANEAMENTO LTDA - ME
CONCEITO BRASIL ENGENHARIA LTDA
CONCEITO ENGENHARIA E CONSTRUÇÃO LTDA
CONSTRUTORA ABAPAN LTDA
CONSTRUTORA GUILHERME LTDA
CONSTRUTORA BROCK LTDA
CONSTRUTORA JOTA ELE
COODETEC - DESENVOLVIMENTO, PRODUÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO AGRÍCOLA LTDA
COOPERATIVA DE CRÉDITO DE LIVRE ADMISSÃO CATARATAS DO IGUAÇU - SICREDI
COSTA OESTE CONSTRUÇÕES LTDA
D.C FELIX COMÉRCIO DE ARTIGOS DO VESTUÁRIO LTDA
EUCATUR EMPRESA UNIÃO CASCAVEL DE TRANSPORTE E TURISMO LTDA
EXPRESSO SÃO MIGUEL LTDA
EXPRESSO SANTA TEREZA LTDA
FIPAL ADMINISTRADORA DE CONSÓRCIOS LTDA
FIPAL DISTRIBUIDORA DE VEÍCULOS LTDA
FIPAL LOCADORA DE VEÍCULOS LTDA
FUNDAÇÃO CANAL 20
FUNDAÇÃO HOSPITALAR SÃO LUCAS
GASTROCLÍNICA CASCAVEL LTDA
GLOBOAVES SÃO PAULO AGROAVÍCOLA LTDA
GOVERNANÇA BRASIL S/A TECNOLOGIA E GESTÃO EM SERVIÇOS
GRUPO PROTEGE - PROFORTE
HÉRCULES COMPONENTES ELÉTRICOS LTDA.
HOSPITAL E MATERNIDADE DR. LIMA LTDA
HUBER DISTRIBUIDORA DE ALIMENTOS LTDA
ÍNDIO PRODUTOS ÓPTICOS LTDA
INFASA INDÚSTRIA DE FARINHAS S.A
INSTITUTO DE INTEGRAÇÃO E DESENVOLVIMENTO SOCIAL
INSTITUTO DE RADIOLOGIA CASCAVEL
I.RIEDI E CIA LTDA
JAT ELETRÔNICA
JOTA ELE CONSTRUÇÕES CIVIS LTDA
JOTAVEL MOTORES E MATERIAIS ELÉTRICOS
KRUM CONSTRUÇÕES E INCORPORAÇÕES LTDA
LABORATÓRIO DE ANATOMIA PATALÓGICA DO OESTE - APC
LAR COOPERATIVA AGROINDUSTRIAL
LONA AZUL TRANSPORTES LTDA
MASTER VÍDEO PRODUÇÃO LTDA
MOINHO IGUAÇU AGROINDUSTRIAL LTDA
ORBITAL TINTAS VIÁRIAS LTDA
PERFILADOS VANZIN LTDA
PIONEIRA DE TRANSPORTES S/A
PLAZA VEÍCULOS E SERVIÇOS LIMITADAS
POSSOLI CAMINHÕES LTDA
PROFORTE S/A TRANSPORTES DE VALORES
R.CASTRO COMÉRCIO DE MATERIAIS ELÉTRICOS LTDA
RÁDIO TELEVISÃO TAROBÁ
ROBERTO DE LIMA ME - PANIFICADORA ESQUINA DO PÃO
RODOMAX TRANSPORTES LTDA
RODOVIA DAS CATARATAS S/A - ECOCATARATAS
SETADIGITAL
SEVENCON TECELAGEM E CONFECÇÕES LTDA
SHARK DISTRIBUIDORA DE TRATORES E PEÇAS LTDA
SK AUTOMOTIVE DISTRIBUIDORA DE AUTO PEÇAS LTDA
STOPETRÓLEO S.A. COMÉRCIO DE DERIVADOS DE PETRÓLEO
TINTASUL DISTRIBUIDORA DE TINTAS LTDA
TINTAVEL
TRANSPORTADORA PRA FRENTE BRASIL
TRANSPORTADORA TRÊS PALMEIRAS LTDA
TRANSPORTES RODOVIÁRIOS VALE DO PIQUIRI - TRANSVALE
UNESUL DE TRANSPORTES LTDA
VIAÇÃO NOVA INTEGRAÇÃO LTDA
VILLAGE CONSTRUÇÕES LTDA
VK COMÉRCIO DE CONFECÇÕES LTDA - LOJA GAÚCHA
V.MULLER E CIA LTDA
WEALTH SYSTEMS INFORMÁTICA LTDA




CENTRO DE CONVIVÊNCIA NAIR VENTORIN GURGACZ - PROGRAMA DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS PARA PESSOA IDOSA
Fundação Assis Gurgacz atende idosos desde 2003 e implantou em 2005 o Centro de Convivência Nair Ventorin Gurgacz com a finalidade de acolher pessoas idosas que vivem em vulnerabilidade social no Município de Cascavel. Para atendê-las, desenvolveu um Programa de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para Pessoa Idosa, que visa resgatar a cidadania, a melhoria da qualidade de vida, geração de renda e a inserção social. Atende atualmente 100 idosos de ambos os sexos, acima de 60 anos, de segunda a sexta feira em período integral.A proposta pedagógica tem uma carga horaria de 1.440h/a, constituída por projetos multidisciplinares, com eixos temáticos de formação e cidadania, saúde, cultura, educação, inclusão digital, Psicoterapia, Artes, Música, Jogos de mesa, caminhada orientada, musculação, espiritualidade, sexualidade, esportes adaptados para 3ª idade e lazer. Conta com uma estrutura física, administrativa e pedagógica. Com um Centro de Convivência, uma academia de ginástica, um ginásio poliesportivo, salas de aula, laboratórios de Informática, fisiologia e farmacologia, auditórios e trilha ecológica.Para atender os usuários a Fundação coloca a disposição uma Coordenação Administrativa e Pedagógica, professores multidisciplinares, acadêmicos, educador social, estagiários, auxiliar administrativo, psicólogo, assistente social, professor de música, cozinheira e auxiliares de limpeza. Durante o período de 2002 a 2018 a Fundação acolheu e proporcionou o fortalecimento de vínculos sociais de estimados 1.800 idosos.




CAPACITAÇÃO PARA TRABALHAR COM A 3ª IDADE
O projeto de capacitação para trabalhar 3ª idade foi implantado em 2005 a 2007 com a finalidade de atender os serviços governamentais e organizações não governamentais do município de Cascavel e região, oportunizando aos coordenadores, líderes e leigos, um aprofundamento teórico e prático sobre a 3ª idade, nos aspectos biológicos, psicológicos, sociais e culturais.
Com um público alvo de líderes comunitários, coordenadores da 3ª idade, acadêmicos, professores, agentes de pastorais, voluntários, conselheiros de Assistência Social, Conselheiros do idoso, Secretários de Assistência social, dirigentes socais comunitários e coordenadores de organizações governamentais e não governamentais.
A proposta pedagógica do curso de capacitação contém 148horas de aulas teóricas e práticas, com duração de 4 meses, com 30 alunos por turmas, através de 3 módulos Vida e Saúde na 3ª idade, Educação/Assistência Social e Comunicação e Arte na 3ª idade, dinâmicas de práticas sociais. Após o término do curso os participantes foram certificados.
Estrutura Física, administrativa e pedagógica com sala de aula, laboratório de informática, auditório, quadra de esporte e Centro de Convivência.
Com recursos humanos constituído de um corpo docente de doutores, mestres e especialistas e profissionais de áreas específicas, como coordenador, nutricionista, assistente social, psicólogo, pedagogo, enfermeira, Administrador, fisioterapeuta, Sociólogo, Prof. de Artes, professor de Educação Física, Professor de dança, professor de teatro, professor de música, acadêmicos, educador social e auxiliar administrativo, com parceria da Faculdade Assis Gurgacz.
O período 2005 a 2012, foram realizadas 2 turmas com 30 alunos cada. Referencial de atendimento na 3ª idade em Cascavel e da Região Oeste do Paraná.




FORMAÇÃO E CIDADANIA
O Projeto de formação e cidadania surgiu em 2003, visa resgatar a cidadania, o pleno desenvolvimento do ser humano, promovendo crescimento social, conhecimento sobre os direitos fundamentais, direitos socioambientais, direitos à vida, à liberdade, à propriedade, à igualdade de direitos, direitos civis, políticos e sociais.
O Projeto também destaca os deveres e responsabilidades do cidadão frente à sociedade, pautado em princípios éticos, o respeito mútuo, solidariedade, justiça, não-violência /uso do diálogo, acolhimento do outro com suas diferenças, potencialidades e dificuldades.
Atende 100 idosos acima de 60 anos e 150 adolescentes de 14 a 17 anos incompletos, de ambos os sexos, que se encontram em vulnerabilidade social na comunidade.
As ações pedagógicas são constituídas por curso multidisciplinares, desenvolvendo os eixos temáticos: cidadania, ética, meio ambiente, saúde, cultura e educação, sexualidade, tecnologia, arte, esporte e o lazer, com fins sociais e culturais.
Possui uma estrutura física, administrativa e pedagógica, com um centro de convivência, salas de aula, laboratório de Informática, auditório.
Com um recurso humano constituído por uma coordenação Administrativa, Pedagógica e Social, professores multidisciplinares, acadêmicos, educador social, monitores, estagiários, auxiliar administrativo, psicólogo e assistente social.
Já foram atendidos na sede da Fundação 2.800 adolescentes e idosos de ambos os sexos, para resgatar a promoção humana em tempo de exclusão social e desumanização do homem.







A ARTE DE BEM ENVELHECER
O Projeto Arte de bem envelhecer teve início 2003 a 2012, com a finalidade de atender idosos do Programa Ação Integrada pela Cidadania, mantido pela Fundação Assis Gurgacz, visando a discussão sobre o envelhecimento nos seus aspectos físicos, emocionais e sociais, buscando promover a qualidade de vida e saúde mental dos participantes do programa, um público de 100 pessoas idosas acima de 60 anos de idade.
As atividades são desenvolvidas em encontros semanais de forma grupal e individual, com palestras, dinâmicas de grupo, teatrais e lúdicas, com profissionais e acadêmicos do curso de Psicologia do Centro Universitário FAG.
Possui uma estrutura física, administrativa, pedagógica com sala de aula, auditório e Centro de Convivência.
O recurso humano é constituído de Coordenador, psicólogo, pedagogo, acadêmicos, educador social e auxiliar administrativo.
O projeto já atendeu 1.800 pessoas idosas, no período 2003 a 2018, garantindo conhecimento sobre o envelhecimento e auto aceitação.




PROJETO DE ASSESSORIA JURÍDICA POPULAR - CAJUP
O Núcleo de Prática Jurídica da FAG (NPJ) iniciou as atividades em 2005, com a finalidade de atender a comunidade carente por meio de Assistência Judiciária Gratuita, visando à solução dos conflitos nas áreas da família, civil, criminal, juízo especial e atendimentos comunitários, previdenciários e penitenciários, além de oferecer apoio psicológico. O público alvo é jovens, adultos e idosos da comunidade que vivem em situação de vulnerabilidade social. O atendimento ocorre de segunda a sexta-feira, das 8h30min às 11h30min e das 13h30min às 17h30min. Possui uma estrutura física própria, localizada na Avenida Tancredo Neves, nº 131, e conta com suporte administrativo e pedagógico, sobre supervisão de professores e advogados. O Programa já realizou no período de 2005 a 2018, aproximadamente 20.756 atendimentos gratuitos para a comunidade. Mensalmente atende, em média, 50 casos judiciais, entre nomeações, atendimentos da área cível, familiar e penal. Dessa forma, somam-se mais de 12 mil casos já atendidos desde a sua criação. A democratização do acesso à assistência judiciária gratuita, para a população carente de Cascavel, também é uma importante ação de responsabilidade social que a FAG implantou.




PROJETO DE SAÚDE INTEGRADO
A Clínica foi instituída em 2004 com a finalidade de atender pessoas de camadas sociais vulneráveis, contribuindo para o bem-estar social das pessoas residentes na cidade de Cascavel e Região.O público atendido são crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos, que são encaminhados nas diversas áreas de especialidades: Fisioterapia Pediátrica, Neurologia, Ortopedia, Cardiorrespiratória, Hidrocinesioterapia, Uroginecologia e Obstetrícia, Terapia Manual, Nutrição, Psicologia, Fonoaudiologia, Estética e Cosmética, Farmácia, Enfermagem, Medicina e reabilitação física. A essas pessoas é ofertado um atendimento multidisciplinar e interdisciplinar nas respectivas áreas da saúde. Possui uma estrutura com Clínica, laboratórios, sala de aulas, consultórios e área de atendimento ao público.Seu corpo técnico é constituído de professores, coordenadores, técnicos, acadêmicos, assistente social, profissionais da saúde ou de áreas afins.Desde 2004, a clínica de Saúde Integrada atende diariamente, em média, 300 pacientes entre crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos, do município de Cascavel e região.Hoje já é um centro de referência no atendimento à comunidade na área de reabilitação, em Cascavel e na região Oeste do Paraná.
a) ATENDIMENTO NO CENTRO DE REABILITAÇÃO
b) ATENDIMENTO FISIOTERAPÊUTICO PARA O PROGRAMA DA 3ª IDADE
c) ATENDIMENTO DE ORIENTAÇÃO NUTRICIONAL
d) ATENDIMENTO DE PSICOLÓGICO: CEMIC; APAE; CASM; CAPS-AD, ESCOLAS MUNICIPAIS E ESTADUAIS E À COMUNIDADE EM GERAL.
e) ATENDIMENTO DE FONOAUDIOLOGIA
f) ATENDIMENTO DE ESTÉTICA E COSMÉTICA
g) ATENDIMENTO DE FARMÁCIA
h) ATENDIMENTO MÉDICO /AMBULATORIAL
i) ATENDIMENTO DE ENFERMAGEM




ESPORTE ADAPTADO COMO MOTIVADOR PARA REABILITAÇÃO FISICA.
O projeto surgiu em 2005, partindo do conceito de que a cidadania se sedimenta e as conquistas sociais avançam, torna-se necessário uma maior autonomia para pessoas com necessidades especiais, como direito universal do ser humano e do principio que todos têm um papel preestabelecido a ser exercido na sociedade.
O programa de atender jovens e adultos com a finalidade de realizar a inclusão social e a recuperação no tratamento fisioterapêutico através de atividades esportivas recreativas, como forma de agente motivador no atendimento na clínica de fisioterapia da FAG, com apoio de profissionais de educação física, nutrição e psicologia, para buscar a mobilização e integração da pessoa com necessidades especiais, através de atividades físicas.
A proposta pedagógica do programa é constituída de dança, por uma equipe multidisciplinar desenvolvido por profissionais da área e acadêmicos colaboradores da Faculdade Assis Gurgacz-FAG. Sendo três vezes por semana com duração de 8(oito) horas semanais, dividido em atividades de basquetebol, musculação, fisioterapia e acompanhamento psicológico e nutricional,
Conta com um ginásio poliesportivo, academia, laboratório de fisiologia, oferece ainda o equipamento cadeira de rodas, para facilitar a locomoção dos beneficiários.
Foram atendidas duas equipes compostas de 12 atletas cadeirantes, no período de 2005 a 2006, possibilitando a democratização do acesso ao esporte, a superação de limites e minimizando preconceitos.




PROGRAMA DE ALFABETIZAÇÃO SOLIDÁRIA
A Fundação Assis Gurgacz já vem contribuindo no processo de Alfabetização, desde 2000, quando atendeu ao Programa de Alfabetização Solidária/Brasil alfabetizado do Governo Federal, com a finalidade de possibilitar a formação a jovens e adultos dos Estados da Bahia, Piau, Espírito Santo, Pernambuco e Minas Gerais, contribuindo para a mobilização nacional e redução dos índices de analfabetismo no Brasil,
A proposta pedagógica do projeto Federal de Alfabetização Solidária foi desenvolvida durante sete anos, baseada nos pressupostos teórico/prático de Paulo Freire. As atividades foram realizadas no local de origem dos alunos, atendendo, prioritariamente, a áreas pobres, que possuem os maiores índices de analfabetismo definidos em ranking do IBGE, ou ofertada à formação na Instituição conveniada em Cascavel-Paraná.
Conta com uma estrutura física, administrativa e pedagógica, com salas de aula e auditório da Fundação Assis Gurgacz, além de coordenadores, professores multidisciplinares, acadêmicos, estagiários, auxiliar administrativo, da Faculdade Assis Gurgacz.
O programa atendeu no período de 2000 a 2007 a um público de 16.400 alunos, sendo 9.010 alfabetizados e 7.390 professores capacitados como multiplicadores do Programa de Alfabetização Solidária, atuando em 14 municípios: Ibiracatu, Varzelandia, Encruzilhada, Socorro do Piauí, Pavussu, Alegrete, Belém, Rio Grande do Piauí, Socorro do Piauí, Ribeira do Piauí, Capitão Gervásio de Oliveira, São José do Egito, Brejinho e Goiana.
A Fundação contribuiu para erradicação do analfabetismo no País e para a melhoria das condições de vida dessas pessoas.




DIA INTERNACIONAL DO IDOSO
Os Idosos do Centro de Convivência Nair Ventorin Gurgacz,da Fundação Assis Gurgacz,comemoram o dia do Idoso celebrado no 01 de outubro em grande estilo.O evento é marcado por uma grandiosa festa com muita música,dança e descontração para animar o público.É realizado um concurso de dança que faz com que os idosos exercitem o corpo,a mente e compartilham bons momentos de socialização e de interação com os colegas.





ECO REFLEXÃO - CELEBRAÇÃO DA MISSA SERTANEJA UNIVERSITÁRIA
A missa sertaneja teve a sua 1ª edição em 04 de outubro 2012, dia do Padroeiro São Francisco de Assis, com a finalidade de refletir sobre a preservação ambiental e homenagear o patrono dos animais e da natureza e Padroeiro da Fundação Assis Gurgacz, o dia do Engenheiro Agrônomo e do Médico Veterinário, além de valorizar o homem do campo, a cultura tradicional do sertanejo e o do agropecuarista, celebrando também o alimento por estes produzidos, fortalecendo a identidade com a comunidade, com parceria dos colegiados de Agronomia e Medicina Veterinária do Centro Universitário FAG. Com um público alvo de diretores, coordenadores, funcionários, professores, acadêmicos e familiares, participantes dos programas sociais da Fundação Assis Gurgacz (adolescentes, idosos e familiares) e comunidade. A proposta continha uma litúrgica especial sobre a cultura do homem sertanejo, formada em grande parte por paródia de músicas sertanejas de raiz, berrante, com ensaio de música, preparação do coral, decoração temática, preparação de ofertas voltadas a produção homem do campo, benção, procissão e distribuição do pão de são Francisco de Assis aos participantes da celebração.Com uma estrutura física, administrativa e pedagógica com um ginásio poliesportivo, sala de aula, Centro de Convivência, hospital veterinário.Possui um recurso humano constituído de Coordenador geral, coordenadores dos cursos, professor de música, acadêmicos, educador social, auxiliar administrativo, coral, tocador de berrante, equipe litúrgica, Padre, animador, comentarista. A sua 1ª edição ocorreu em 2012 e teve um público estimado de 1.000 participantes e a 2ª edição ocorreu em 2015, também com um público estimado de 1.000 participantes, envolvendo a participação da família na vida acadêmica, valorização do campo e integração acadêmica com a sociedade. 




BOCHA CAMPEIRA DE QUILOMETRO
O Projeto iniciou suas atividades em 2011, proporcionando um momento recreativo e diferenciado para as pessoas idosas que frequentam o Centro de Convivência Nair Ventorin Gurgacz, visando à integração, a socialização e o gosto pela modalidade esportiva, através de campeonatos internos e externos.
1ª etapa: um período preparatório de treinamento coletivo destinado para aprendizagem sobre a bocha campeira.
2ª etapa: será realizado de forma individual para o exercício da prática através de formação de duplas.
3ª etapa: participação em campeonatos internos e torneios externos com a comunidade desta faixa etária.
Possui uma estrutura física administrativa, pedagógica, sala de aula, campo de futebol e Centro de Convivência. Tem um recurso humano constituído de professores, acadêmicos, educador social e auxiliar administrativo.No período de 2011 a 2018 já realizou vários campeonatos internos e externos de bocha campeira, com os idosos do Centro de Convivência Nair Ventorin Gurgacz e com a comunidade. Democratizando o acesso a esta nova modalidade esportiva (jogo de bocha campeira quilômetro) e fortalecimentos de vínculos entre esta faixa etária. 




PROJETO ESPORTIVO E RECREATIVO INTEGRADO PARA A 3ª IDADE
O Projeto iniciou suas atividades em 2003, com a finalidade de proporcionar atendimento para as pessoas idosas tanto no aspecto biológico, quanto no aspecto social e psicológico, oportunizando também experiências e conhecimentos técnicos científicos para os acadêmicos do curso de Educação Física do Centro Universitário FAG, desenvolvendo atividades físicas, recreativas, esportivas e motivacionais para pessoas idosas, promovendo o bem estar social e qualidade de vida. As ações do projeto são realizadas semanalmente, com uma proposta pedagógica constituída de atividades de aquecimento e alongamento jogos recreativos, atividades rítmicas e expressivas e esportes adaptados como voleibol, basquetebol, handebol, futsal, tênis, tênis de mesa, peteca, e atividades de relaxamento, com professores e acadêmicos do curso de Educação Física, do Centro Universitário FAG. Possui uma estrutura física, administrativa, pedagógica e técnica, ginásio poliesportivo, academia e sala de aula. O projeto já atendeu no período de 2003 a 2018 cerca de 1.800 idosos. Sendo que iniciou suas atividades com 50 participantes em 2004 e esta sendo executado até hoje, atendendo 100 idosos anualmente. Desta forma garantindo a democratização do acesso à qualidade de vida e ao bem estar social.




JOGOS DE MESA
O Projeto de jogos mesa teve início 2005, com a finalidade de atender idosos e que frequentam o centro de convivência Nair Ventorin Gurgacz promovendo a socialização e a interação entre os idosos. Pois ,os jogos de mesa são excelentes ferramentas que constrói e exercita a paciência, aumenta atenção e concentração, desperta a curiosidade, aguça a imaginação, ameniza a ansiedade, promove também o respeito, a tolerância e tem caráter lúdico e prazeroso.Para um público alvo de 100 pessoas acima de 60 anos, do Centro de Convivência.
O Projeto é realizado em três etapas:
1ª etapa: um período preparatório de treinamento coletivo destinado para aprendizagem sobre os jogos de mesa.
2ª etapa: prática através de formação de duplas e quartetos. 
3ª etapa: participação em campeonatos internos e torneios externos com a comunidade desta faixa etária.
A estrutura física é constituída em um e Centro de Convivência e sala de aula.O recurso humano composto por professor de Educação Física, acadêmicos, educador social.No período de 2005 a 2018 já foram atendidos 1.800 idosos, democratizando o acesso aos jogos de mesa e fortalecendo vínculos entre esta faixa etária, exercitando a memoria e retardando o envelhecimento.




TREINAMENTO DE FORÇA PARA IDOSO MUSCULAÇÃO
O Projeto de treinamento de força musculação teve seu início 2003, com a finalidade de atender idosos e que frequentam o Centro de Convivência Nair Ventorin Gurgacz, oferecendo treinamento de força, aumentando as capacidades funcionais, a diminuição de sobrepeso e obesidade, aumentando a massa muscular e a força, fortalecendo tendões e ligamentos, melhora da postura, fortalecimento do músculo cardíaco, diminuição do estresse e independência para realização das atividades cotidianas e retardando o processo degenerativo do envelhecimento humano.
Para um público de 100 pessoas acima de 60 anos.
O Projeto se pauta no sistema de periodização de treinamento, com a finalidade de desenvolver avaliações físicas, identificando o perfil biológico do grupo e a prescrição de exercícios físicos respeitando suas individualidades.
Composta por uma estrutura física com uma academia, ginásio poliesportivo, laboratório de fisiologia, sala de aula e Centro de Convivência.
O recurso humano constituído de professor de Educação Física, acadêmicos, educador social.
No período de 2003 a 2018 já foram atendidos 1.800 idosos, democratizando o acesso ao exercício físico orientado gratuitamente, a melhoria da qualidade de vida da pessoa idosa e a independência ao realizar atividades da vida diária.




CORPO EM MOVIMENTO - CAMINHADAS ORIENTADAS.
O Projeto Corpo em movimento Caminhadas orientadas teve seu início em 2003, com a finalidade de atender idosos e que frequentam o centro de convivência Nair Ventorin Gurgacz, proporcionando a prática de atividade física, prevenindo as doenças decorrentes da falta de exercícios, visando à redução do estresse, da tensão e ansiedade, melhorando a autoestima, o condicionamento físico, a circulação sanguínea e o fortalecimento do músculo cardíaco.Para um público alvo de 100 pessoas acima de 60 anos.O projeto iniciou com 50 pessoas idosas e atualmente atende 100 participantes, realizado duas vezes por semana, com uma proposta pedagógica constituída de atividades de aquecimento e alongamento, em seguida os participantes são divididos em dois grupos:
GRUPO 1: Realiza a caminhada de aproximadamente 25 à 30 minutos no percurso longo, sem intervalos para descansar e recuperar.
GRUPO 2: Realiza a caminhada de aproximadamente 25 à 30 minutos, em um percurso em curto de ida e volta pelo mesmo trajeto, com intervalos para realizar exercícios de relaxamento dinâmicos para diminuir a frequência cardíaca.
Os grupos são divididos de acordo com a distância percorridos no teste de caminhada (6 minutos) e patologias. Realiza-se também o controle da frequência cardíaca, mensurada antes e após a caminhada, ao final é realizado atividades de relaxamento, com professores e acadêmicos do curso de Educação Física, do Centro Universitário-FAG. Composta por uma estrutura física de uma trilha ecológica, Centro de Convivência e ginásio poliesportivo.Possui um recurso humano constituído por professor de Educação Física, acadêmicos, educador social e auxiliar administrativo.No período de 2003 a 2018 já foram atendidos 1.800 pessoas idosas, democratizando o acesso a uma atividade física orientada gratuitamente, contribuindo para o envelhecimento ativo e saudável.




ARTES NA 3ª IDADE
O projeto de artes multidisciplinar vem sendo de promovido desde, 2005, com a finalidade oportunizar o teatro, a dança e a música para pessoas idosas, possibilitando a expressão, interpretação, composição, representação e criação, estimulando à concentração, a memoria, a autoestima, a socialização a criatividade e preservação da saúde física, emocional e mental, desenvolvendo a expressão corporal, artística e lúdica a pessoa idosa.
Com um público alvo de 100 idosos do Centro de Convivência Nair Ventorin Gurgacz.
A proposta pedagógica se constitui de trabalhos coletivos e individuais, com atividades que permeiam os eixos da arte como o teatro, a música e a dança, através de pesquisas, estudos dirigidos, ensaio e apresentações artísticas.
Como uma estrutura física, administrativa e pedagógica, com um auditório, sala de aula, ginásio poliesportivo e Centro de Convivência.
Recurso Humano constituído de professor de música, professor de educação física, pedagogo, professor de artes plásticas, acadêmicos, educador social e auxiliar administrativo.
No período de 2005 a 2018, já foram atendidas 1.800 pessoas acima de 60 anos, realizando a Inclusão social e fortalecimento de vínculos afetivos emocionais.




CORAL HARMONI/FAG
O Projeto de coral Harmoni -FAG teve início 2005 e é praticado até hoje, com a finalidade de atender idosos e que frequentam o centro de convivência Nair Ventorin Gurgacz, estimulando a expressão musical e as emoções como uma linguagem privilegiada através da qual os seres humanos se comunicam entre si, proporcionando o crescimento intelectual, musical e cultural do idoso, experiências, o potencial criativo e produtivo.
Para um público alvo de 100 pessoas acima de 60 anos, do Centro de Convivência.
O projeto é realizado uma vez por semana, com uma proposta pedagógica constituída de atividades que trabalham o timbre, a entonação e a participação sensível e corporal presentes no ato de cantar. As aulas também serão compostas por estudos teóricos musicais e instrumentais, tais como violão e flauta.
Estrutura Física é constituída de administrativa e pedagógica, com auditório, sala de aula e Centro de Convivência.
O recurso humano se constitui de professor de música, acadêmicos, educador social e auxiliar administrativo.
No período 2005 a 2018, já foram atendidos 1.800 idosos, encantando, levando alegria e mexendo com as emoções das pessoas na sociedade.




BAZAR SOLIDÁRIO DA VOVÓ
O projeto vem sendo desenvolvido desde 2005, com a finalidade de oportunizar a geração de renda para os idosos do Centro de Convivência Nair Ventorin Gurgacz, que contribuirá no orçamento dos idosos, visando à melhoria da qualidade vida e a inserção social.
Com um público alvo de 100 pessoas acima de 60 anos idade do Centro de Conivência.
A proposta se constitui de cursos de capacitação, com pesquisas, palestras, estudos dirigidos, oficinas multidisciplinares e prática de produção de artesanatos, com o resultado desta prática são realizadas exposições periodicamente do bazar conforme a demanda e oportunidade.
Com uma estrutura física, administrativa e pedagógica, com sala de aula, Centro de Convivência e um espaço para exposição do bazar.
Recursos Humanos constituídos de coordenador, professor de arte, pedagogo, acadêmicos, educador social e auxiliar administrativo.
No período 2005 a 2018, já atendeu 1.800 pessoas acima de 60 anos, oportunizando a geração de renda e produtividade dos idosos.




FESTA JUNINA
O Projeto de Festa Junina teve início 2005 e é praticado até hoje, com a finalidade de atender idosos e que frequentam o Centro de Convivência Nair Ventorin Gurgacz, visando integração dos idosos e promoção do conhecimento da cultura folclórica e dos costumes regionais.
Para um público alvo de 100 pessoas acima de 60 anos, do Centro de Convivência.
A proposta pedagógica é constituída por pesquisas, ensaios, confecção de decoração temática, conhecendo e cantando canções de festa junina e realizando apresentações coreográficas temáticas internas e externas, com a participação dos idosos na organização e na execução da festa junina.
Conta com uma estrutura física, administrativa e pedagógica, com sala de aula, laboratório de informática, quadra de esporte e Centro de Convivência.
Possui um recurso humano constituído de professor de música, professor de educação física, acadêmicos, educador social e auxiliar administrativo.
No período de 2005 a 2018, já foram atendidos 1.800 idosos, nesta atividade, oportunizando cultura e interação social.




AÇÃO INTEGRADA PELA CIDADANIA
O Programa teve seu início com atividades integradas, com a finalidade de oferecer projetos sociais gratuitamente à comunidade, atendendo Crianças e adolescentes na faixa etária de 7 (sete) a 14(quatorze) anos, Jovens, família, idosos e pessoas com necessidades especiais da comunidade que se encontram em vulnerabilidade social, com objetivo de resgatar a cidadania, as atitudes éticas pelo compromisso social, a inserção no ambiente sociocultural e pela participação em vivências comunitárias, o ingresso no mercado de trabalho pela formação e/ou requalificação profissional e a geração de emprego e renda pela participação em empreendimentos coletivos.O programa tem um caráter formativo que pressupõe a superação do trabalho meramente assistencialista. As suas ações são pautadas de acordo com a LOAS - Lei Orgânica de Assistência Social, que em seu art. 2º destaca à proteção à família, à infância, a adolescência, a velhice, às pessoas com necessidades especiais e a promoção da integração ao mundo de trabalho, visa o enfrentamento da pobreza e a universalização dos direitos sociais.A proposta pedagógica é constituída de projetos multidisciplinares, com núcleos de cidadania, formação educacional e profissional, saúde, meio ambiente, tecnologia, família, sexualidade, cultura, esporte e lazer e qualidade de vida.Possui uma Estrutura Física, administrativa e pedagógica, com salas de aula, laboratório de Informática, laboratório de farmacologia, laboratório de fisiologia, Centro de Convivência, academia, Laboratório Pedagógico/brinquedoteca, auditório e ginásio poliesportivo.Recursos humanos especializados, composto de professores multidisciplinares, coordenação, acadêmicos, educador físico, educador social, monitores, estagiários, auxiliar administrativo, psicólogo e professor de música em parceria com o Centro Universitário FAG. A sua abrangência atinge todos os bairros do município de Cascavel e prioritariamente os que se encontram no entorno da Fundação, como Santo Onofre, Santa Cruz, Paulo Godoy, Aclimação, Esmeralda, Jardim Palmeiras, Santos Dumont, Coqueiral, Alto Alegre e Parque Verde.
Projetos Integrados:
- Recriando: Crianças e Adolescentes: Formação, recreação e lazer.Atendeu de 2002 a 2009, 400 crianças e adolescentes;
- Reviver I: FAG da Melhor Idade: Inclusão social - pessoas acima de 60 anos;
- Reviver II: FAG da Melhor Idade: Promoção e prevenção da saúde - pessoas acima de 60 anos;
- Reviver III: FAG Fazendo diferença: Inclusão social - pessoas com necessidades especiais.
O "Programa 3ª Idade" durante o período de 2002 a 2018 realizou a inclusão social de 1.800 idosos e, a partir, de 2009 qualificou 1.500 Adolescentes e Jovens ,entre 14 a 24 anos ,para o Mercado de Trabalho,através do "Programa de Aprendizagem Profissional Jovem Aprendiz".




FESTA DO CENTRO DE CONVIVÊNCIA
É com alegria e bom humor que o Centro de Convivência Nair Ventorin Gurgacz celebra o seu aniversário.O Centro de Convivência mantida pela Fundação Assis Gurgacz há 13 anos,nasceu com a finalidade de acolher idosos que vivem em vulnerabilidade social em Cascavel. Já atendeu aproximadamente 1.800 idosos, que moram entorno da Fundação e das demais regiões do Município de Cascavel.Este espaço, possibilita aos idosos se encontrarem,fazerem amigos,praticarem exercícios físicos para o corpo e para mente e sentirem-se acolhidos,valorizados,respeitados,interagindo na sociedade, como cidadão de direito.Para isso,a Fundação busca realizar as suas ações através de intervenções socioeducativas,fortalecendo a Convivência Social,o Direito de ser e de Participar, para que tenham um envelhecimento ativo e saudável, com autonomia e que sejam protagonistas de sua própria história.




FESTA À FANTASIA
O Centro de Convivência Nair Ventorin Gurgacz,mantida pela Fundação Assis Gurgacz há 13 anos,atua na Comunidade na Cidade de Cascavel, com a finalidade de acolher pessoas idosas que vivem e vulnerabilidade social.Foi realizada a 1º edição da " Festa á Fantasia" no dia 13 de Junho de 2018.

A festa realizada com a temática " Festa á Fantasia", é bem aceita pelos Idosos do Centro de Convivência Nair Ventorin Gurgacz. Os Idosos mostram muita criatividade com os figurinos,Chapeuzinho Vermelho,Vovózinha e o Lobo Mau foram um dos personagens escolhidos pelos participantes na 1º edição do evento .Os fantasiados,além de se divertir, tem uma missão: conquistar os jurados.




ARTE INTEGRADA
A 1º edição do Festival Cultural de Artes Integradas - FESTFAG ,foi realizado pela Fundação Assis Gurgacz e o Ministério da Cultura, com o objetivo de promover a integração social, possibilitando o acesso à cultura, bem como proporcionar meios para melhorar a qualidade de vida ás pessoas acima de 60 anos, realizando cursos, workshop, oficinas de música,teatro, dança e apresentações artísticas direcionadas a Terceira Idade.




FESTIVAL DE MÚSICA
O Festival de Música para a Terceira Idade - FESTFAG 3ª IDADE, promovido pela Fundação Assis Gurgacz, através do Programa Ação Integrada pela Cidadania, iniciou no ano de 2007,com a finalidade de resgatar a identidade da pessoa idosa,oportunizando o acesso a cultura, mostrando a importância da música como fonte de cultura e lazer; proporcionando ainda um intercâmbio artístico- cultural entre as regiões, com o intuito de revelar talentos musicais e realização dos sonhos.